AirCross chega renovado

O segmento dos SUV´s é a bola da vez em todo o mundo. No Brasil, todas as fabricantes buscam oferecer pelo menos um modelo para o brasileiro. E se for no nicho dos compactos, melhor ainda. O pioneiro EcoSport, da Ford, está sendo engolido pela legião de SUV´s. Entre as novas opções, estão o Jeep Renegade, Honda HR-V, Peugeot 2008 e Suzuki Vitara. E ainda há hatches e minivans que querem entrar na briga dos SUV´s pequenos.

Um deles é o AirCross, uma mistura de hacht e minivan. A Citroën está tendo bons resultados com seu veículo. De janeiro a novembro de 2016, a fabricante francesa conseguiu emplacar 6.557 unidades, crescimento de 51,4% em relação às 4.331 registradas no mesmo período de 2015.

Somente em novembro, o AirCross cresceu 86,1% (685 em 2016 ante 368 de 2015) nas vendas em todo o Brasil. O novo AirCross incorporou melhorias no design e itens de tecnologia embarcada, como central multimídia com tela touchscreen de 7 polegadas e câmera de ré) Traz ainda direção elétrica, nova definição do conjunto de suspensões, motores com etiqueta A de consumo, pneus “verdes” e botão Eco Drive.

aircross_baixa_009-0000000

A Citroën entra na era da conectividade com o sistema Start. O carro sai por R$ 53.690 e já inclui som Pionner (com 6 modelos de equalização, Bluetooth, entrada USB e tela de LCD), jogo de tapetes personalizado e um exclusivo monograma na tampa traseira. A linha AirCross é composta por modelos com motor 1.5 ou 1.6, ambos flex. Há versões 1.5 Manual Start (R$ 53.690), 1.5 Manual Live (R$ 59.690), 1.6 Manual Feel (R$ 64.390), 1.6 Auto Live (R$ 64.690), 1.6 Auto Feel (R$ 68.290), 1.6 Auto Shine Business PCD (R$ 69.990) e 1.6 Auto Shine (R$ 74.990).

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais