AirCross tem até sem estepe na tampa

AirCross tem até sem estepe na tampa

A Citroën dispensou o uso do estepe pendurado na tampa do porta-malas na linha 2016 do AirCross. Com visual aventureiro, o hatch com visual de minivan vem com mais possibilidade para garantir as boas vendas no Brasil

570
0
COMPARTILHAR

A Citroën tem uma rede considerada enxuta no Brasil. No entanto, seus carros estão atualizados e bem modernos. Exemplo é o AirCross, um hatch com pegada de minivan e visual de off-road light. O modelo da marca francesa ganhou plano de manutenção que oferece ao comprador valor de serviços a R$ 1 por dia para as revisões de 10.000, 20.000 e 30.000 km feitas na rede de concessionárias Citroën.

O Citroën AirCross tem visual reforçado com nova grade dianteira, com inédito grupo ótico elíptico bifunção, para-choques maiores, rodas exclusivas e barras de teto. Seu interior ganhou novo painel de instrumentos, tecidos e forrações em padrões modernos. Tem ainda central multimídia com tela touch screen de 7 polegadas, câmera de ré e indicador de mudança de marchas.

A direção é direção elétrica e parte de suspensão ganhou ajustes, com reforço na barra estabilizadora traseira, novas leis de amortecimento – uma atenção especial foi dada para aliar conforto com uma condução tipicamente SUV) e presença de paddle shifts (versão automática). Seus motores 120 Vti Flex Start NEO ou 1.5 Flex (ambos etiqueta A de consumo) funcionam em sintonia com pneus “verdes”. O câmbio tem alongamento das relações de marchas e há ainda a presença de botão Eco Drive (versão automática), diminuição do peso (45 Kg, em média).

novo-citroen-aircross-2016-4-620x457

Entre as novidades, está a opção sem estepe na tampa do porta-malas nas versões mais em conta: o 1.5 flex gera 93 cavalos e o 1.6 flex chega a 122 cv com etanol. O câmbio manual de cinco marchas é uma opção. Para quem deseja conforto, há a transmissão automática com função EcoDrive.

Veja as versões e preços:

 

AirCross 1.5 Start (Manual): R$ 49.990 – Tem vidros, travas e retrovisores elétricos, direção elétrica, ar-condicionado manual e quadro de instrumentos com computador de bordo, além de rodas de aço aro 16″.

AirCross 1.5 Live (Manual): R$ 53.990 – Possui ainda rodas de liga leve aro 16″, barra longitudinal de teto, som com rádio, Bluetooth, USB e entrada Auxiliar e LEDs diurnos.

AirCross 1.6 Live (automático): R$ 58.990 – Traz itens como câmbio automático de quatro velocidades com paddle shifts para trocas manuais e função EcoDrive.

AirCross 1.6 Feel (manual): R$ 58.990 – Destaca-se com o alarme e o estepe na tampa traseira do porta-malas.

AirCross 1.6 Feel (automático): R$ 63.290 – Tem câmbio automático de quatro marchas com paddle shifts para trocas manuais e função EcoDrive.

AirCross 1.6 Shine (automático): R$ 69.290 – É a versão mais cara e vem com central multimídia com tela 7″ polegadas, GPS e função de espelhamento para smartphone, além de sensor de estacionamento traseiro, câmera de ré e bancos com faixas externas em couro.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorXRE 190 amplia leque da Honda
Próximo artigoGol ganha versão duas portas
O site AUTOS&MOTOS reúne a opinião e a produção de textos do jornalista automotivo Roberto Nunes. Mande suas sugestões e críticas para o e-mail mr.robertonunes@autosemotos.com Acompanhe as redes sociais pelo instagram - @autosemotostv ou @ nunes_roberto - e pelo twitter - @autosemotostv e @nunesautobrasil. Siga a fanpage do Autos&Motos no facebook. Inscreve-ase no canal do YouTube www.youtube.com/autosemotostv

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA