Andar de jet ski só a partir de 200 metros da praia

Fim de semana chegando e o verão com as praias cheias de banhistas. Nesta hora, quem anda de moto aquática, os conhecidos jet skis, bota seus veículos nas águas de rios, riachos e na Baía de Todos os Santos. Praias como o Porto da Barra, por exemplo, é fácil encontrar as motos aquáticas transitando nas proximidades dos banhistas. No Brasil, a fiscalização do trânsito de embarcações marítimas é responsabilidade da Marinha, que desde 2012 exige um curso prático com duração de quatro horas para fornecer a habilitação náutica (arrais amador).

A partir do momento que a embarcação está na água, o responsável deve seguir uma série de condutas que dizem respeito à distância, velocidade e equipamentos obrigatórios. 

Entre as normas de segurança, o site do Icetran indica as seguintes; 1.Não se pode navegar a menos de 200 metros da orla da praia; Para atracar, é preciso navegar perpendicularmente à orla, com velocidade máxima de 3 nós (5,5 km/h) e jamais ultrapassar a distância mínima de 50 metros; 2. Só é permitido desembarcar em praias com raias de marcação, sempre respeitando a velocidade máxima de 3 nós (5,5 km/h); 3. Algumas áreas podem conter limites específicos de velocidade, por isso também é importante sempre ficar atento às sinalizações locais. 4. Os equipamentos obrigatórios para embarcações são: coletes salva-vidas (em quantidade superior ou igual ao número de pessoas dentro da embarcação), boia circular e extintor de incêndio; e 5. Embarcações que usam apenas os remos também possuem uma distância limite da orla da praia, que é de 100 metros.

Mas para deixar seu jet ski em ordem, confira ai as dicas oferecidas pela Sea-Doo, um dos principais fabricantes de motos aquáticas no mundo. A fabricante aconselha seus clientes a dedicarem de 10 a 15 minutos para cuidados básicos com seus jet skis após o uso, seja o equipamento usado em água doce ou salgada. Assim, as motos aquáticas duram mais e têm melhor desempenho.

Confira as dicas de cuidados pós-uso:

1 – Após tirar todos os seus pertences dos espaços de armazenamento do jet ski, misture um pouco de detergente neutro e água e lave a parte externa da moto aquática para retirar sal, lama ou qualquer outro detrito.

Tenha o cuidado de lavar todos os vincos e fendas e cheque embaixo do jet ski para ter certeza que nenhum detrito ficou na entrada de água do jet.

2 – Enxague a moto aquática usando uma mangueira, Evite usar mangueiras de alta pressão, pois elas podem danificar componentes eletrônicos e detalhes do jet ski.

Se você navega em água salgada ou suja, deve também lavar a parte interna da moto aquática com água doce (limpa). A Sea-Doo novamente aconselha os proprietários a não usar mangueiras de alta pressão para evitar danos elétricos ou mecânicos no compartimento do motor.

Lembre-se de retirar os bujões de drenagem para que toda a água escoe para fora do jet ski. E levantar a carreta de transporte do equipamento ajuda a água a sair mais rápido.

O sistema de escape pode ser aberto e deve ser lavado com água limpa, para retirar sal e outros detritos do escapamento.

3 – Conecte a mangueira aos conectores para lavagem que ficam ao lado do bocal do jet ski – é possível usar um adaptador para facilitar o processo. E dê partida no jet antes de abrir a torneira, para evitar que a água entre no motor e cause danos. Deixe o motor funcionar em marcha lenta até que a água saia pela bomba por 15 a 20 segundos.

Desligue a torneira e deixe o motor funcionar a 5.000 RPM por cinco segundos. Desligue o motor e desconecte a mangueira.

4 – Antes de guardar seu jet ski, seque o excesso de água e borrife as partes metálicas, componentes elétricos no compartimento do motor e partes expostos do sistema de bombeamento com um spray lubrificante que dispersa água para proteção extra contra corrosão.

5 – Como nos motores de barcos, não se deve deixar combustível velho no motor do jet ski, pois ele é nocivo. Por isso, a Sea-Doo aconselha os proprietários de suas motos aquáticas que pretendem deixar o equipamento parado por um longo período a encher o tanque com gasolina nova e adicionar um estabilizador de combustível que vai ajudar a prevenir a deterioração do combustível.

6 – Se possível, deixe o jet ski secando ao ar livre por várias horas com o assento ou painel de acesso removido, permitindo que qualquer excesos de água evapore.

Quando a moto aquática estiver pronta para ser guardada, use uma capa protetora.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais