Audi A6 ficou mais potente

A sexta geração do sedã premium A6 cresceu e ganhou mais equipamentos. Sob o capô um motor 3.0 TFSi, de 300 cavalos e 440 Nm (entre 2.900 rpm e 4.500 rpm), acoplado ao câmbio automático S-Tronic de sete velocidades. Custa a partir de R$ 313.390

O sedã de luxo A6 cresceu, ficou mais potente e recebeu uma série de itens tecnológicos – night vision, adaptative control, pre sense plus, entre outros – disponíveis anteriormente nos sedãs maiores A7 e A8.

Custando R$ 313.390, a sexta geração do Audi A6 reúne o que há de melhor. Incorporou ainda linhas mais ousadas para um cupê. Sob o capô um motor 3.0 TFSi, de 300 cavalos e 440 Nm (entre 2.900 rpm e 4.500 rpm), acoplado ao câmbio automático S-Tronic de sete velocidades – com opção de borboletas atrás do volante – e a tração integral Quattro.

Possui dois intercoolers para retrabalhar o ar comprimido no motor, fazendo com que as respostas sejam mais rápidas. Com 30 kg a menos e 10 cv a mais, o sedã naturalmente ficou mais rápido. Acelera de zero a 100 km em 5,5 seg. Sua velocidade é controlada eletronicamente em 250 km/hora.

Tudo é um primor. O acabamento é bem superior, com grandes mostradores no painel de instrumentos e um aparelho escamoteável do sistema de navegação sem tela de touch screen, novos materiais nos bancos, e mais espaço. O porta–malas é de 530 litros.

Entre os itens de segurança, estão air bags, freio ABS com controle de estabilidade e de tração e rodas de liga com pneus 245/45R18. O A6 pode ser equipado, por exemplo, com o Audi Pre Sense Plus e Night Vision, sistema que detecta pedestres e animais a uma distância de até 300 metros em imagens captadas em infravermelho. Já o Head-up-display projeta informações, como velocidade e dados do GPS, em um visor virtual no para-brisa.

* Publicado no Jornal A TARDE

Veja também...

Veja mais
Carregar mais