Audi apresenta e-tron Sportback; de quebra, chega também o Q7

A Audi deu uma tacada e acertou dois alvos com a apresentação dos novos Q7 e e-tron Sportback no Brasil. O novo Audi Q7 chega ao mercado em duas versões com sistema de carregamento de celular por indução. Vem com o potente motor 3.0 TFSI, de 340 cv de potência e torque de 500 Nm. O SUV é um carro para sete pessoas e faz de 0 a 100km/h em 5,9 segundos com velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h. O conjunto é complementado por um sistema de transmissão automática tiptronic de oito velocidades e tração quattro. O Q7 3.0 TFSI tem valor a partir de R$ 414.990 na modalidade venda direta.

Já o e-tron Sportback é segundo veículo 100% elétrico da Audi. Tem design esportivo e arrojado com carroceria em estilo coupé. O suvão elétrico tem autonomia de 446 km, de acordo com o ciclo europeu WLTP.  Será vendido em duas configurações com preço a partir de R$ 511.990 na modalidade venda direta. O Audi e-tron Sportback possui dois motores elétricos que entregam 408 cavalos de potência e 664 Nm de torque – as forças são distribuídas em 135 kW de potência e 309 Nm de torque na frente e 165 kW de potência e 355 Nm no motor traseiro. A aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 5,7 segundos e a velocidade máxima é 200 km/h limitada eletronicamente.

No mundo de hoje, as fabricantes de veículos têm investido muito nos modelos com baixa emissão de poluentes. Nos mercados da Europa e nos Estados Unidos, a onda dos carros elétricos é grande. O e-tron vem com sistema de baterias de íons de lítio composto por 36 módulos. Pesa cerca de 700 kg e pode ser recarregado desde uma tomada simples de 110V até as de alta tensão. Em estações de recarga ultra rápida de 150 kW, por exemplo, é possível carregar até 80% da bateria em 30 minutos. Ela armazena 95 kWh de energia bruta e é instalado como um bloco plano largo embaixo da célula de passageiros. Possui uma moldura protetora sólida e uma laminação de alumínio que abrange os 36 módulos das células, o que deixa o sistema excepcionalmente rígido e à prova de impacto.

A Audi oferece sistema de freios das rodas com inovador de ativação eletro-hidráulica, que permite que eles respondam com velocidade excepcional e entrem em ação somente em forças de desaceleração superiores a 0,3 g. A transição entre a frenagem elétrica e hidráulica é suave e homogênea para que o motorista nem perceba. As forças dos freios permanecem constantes.

O Audi e-tron Sportback vem com retrovisores externos virtuais – opcionais na versão Performance Black. Os retrovisores externos virtuais usam as imagens capturadas que aparecem em displays OLED de alto contraste na transição entre o painel de instrumentos e a porta. Se o motorista mover o dedo pela superfície do display sensível ao toque, são ativados símbolos com os quais o motorista pode reposicionar a imagem.

O elétrico e-tron tem 4.901 milímetros de comprimento, 2.043 milímetros de largura e 1.616 milímetros de altura. Com entre eixos de 2.928 milímetros, o Audi e-tron Sportback tem amplo espaço para cinco ocupantes e bagagens. Como o veículo elétrico não possui o eixo cardã, na parte traseira não há mais o túnel central, o que oferece um ganho de conforto incrível para o passageiro no assento central do banco de trás. A capacidade de bagagem é de 555 litros e, com o banco traseiro rebatido, o espaço aumenta para 1.665 litros.

O Audi e-tron Sportback possui ainda moderno painel e console central com dois grandes displays do MMI Touch, de 10,1 e 8,6 polegadas, com retorno tátil e sonoro, levemente direcionados para o condutor. A fabricante oferece o modelo em duas versões recheadas de equipamentos de série. A versão Performance traz dentre os itens de conforto bancos dianteiros elétricos em couro com ajuste lombar e memória para o motorista, suspensão a ar adaptativa, ar-condicionado de 4 zonas, teto solar elétrico panorâmico Open Sky, volante com ajuste elétrico de altura, projeção da palavra e-tron na abertura de todas as portas e luzes internas personalizáveis com 30 opções.

Como itens de segurança, vem de série com faróis Full LED com assistente de farol alto, controle de cruzeiro adaptativo com assistente de saída de faixa, abertura e fechamento elétrico do porta-malas com sistema hands-free, abertura de veículo por proximidade, auxílio de estacionamento plus com display 360º, indicador de pressão dos pneus, espelho retrovisor interno com função antiofuscante automática e oito airbags.

O carro tem ainda sistema de informação e entretenimento com rádio MMI, sistema de navegação e interface para smartphones com sistema iOS e Android. A estrutura do menu é intuitiva como em um smartphone. Há também o Audi virtual cockpit plus, onde o motorista pode escolher entre duas visões que apresentam claramente todas as informações na forma de gráficos nítidos e de alta resolução. Como opcional nesta versão existe apenas a pintura metálica e o Pacote Tecnológico, que contempla head-up display, pre sense dianteiro – que avisa o motorista e prepara o veículo para o caso de uma colisão iminente – e o night vision assist.

A versão topo é a Performance Black, que agrega no interior bancos dianteiros esportivos em Alcântara, acabamento interno na cor cinza Volcano e teto interior na cor preta. No exterior, incorpora o kit S line com soleiras em alumínio e iluminadas, capa do retrovisor externo na cor preta, frisos decorativos em High Gloss Black e pinças de freio laranja. De série nessa versão há também o sistema de som Bang & Olufsen 3D, com 16 alto falantes.

Na Performance Black, além dos opcionais de pintura metálica e Pacote Tecnológico, o e-tron tem retrovisores virtuais, faróis full LED Matrix HD com luz de direção dinâmica e o Audi Side Assist. Este último é um pacote que contempla tecnologias inovadoras como o Audi Pre Sense traseiro (reconhece a iminência de uma colisão e regula o tensionamento dos cintos dianteiros, posicionamento de banco e fechamento de teto solar e vidros), o Exit Warning Assist (aviso de perigo quando os passageiros estão saindo do veículo), o Audi Side Assist (aviso de perigo em mudança de faixa) e o Assistente de Tráfego Reverso (informa o condutor sobre a possibilidade de um acidente ao realizar uma manobra traseira com a utilização dos sensores e radares do veículo, além de uma breve utilização dos freios caso necessário).

Nas duas versões as rodas são de 21 polegadas – na Performance Black o desenho é exclusivo. O e-tron é produzido em Bruxelas, na Bélgica, e tem garantia de 4 anos no veículo e 8 anos nas baterias. As duas versões são ofertadas por a partir de R$ 511.990 na versão Performance e de R$ 551.990 na Performance Black – ambos na modalidade venda direta.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais