Audi apresenta o inovador e-tron scooter

A mobilidade urbana está em ebulição. São compartilhamentos de automóveis e uso transporte público, como ônibus e metrô, e uma infinidade de alternativas para o deslocamento de casa ao trabalho, da escola para residência. Nos últimos meses, o patinete tomou as ruas de grandes cidades, como Rio de Janeiro e São Paulo.

A Audi oferece um conceito de patinete elétrico. Batizado de Audi e-tron scooter, o veículo combina qualidades dos patinetes e dos skates. O modelo pesa apenas 12 kg e pode ser dobrado, facilitando assim o uso e o momento de guardá-lo. Ele pode ser guardado ainda no porta-malas de um veículo ou na sala de aula ou no trabalho, por exemplo.

O Audi e-tron scooter chega até o fim de 2020. “Com o Audi e-tron scooter, nos aproximamos ainda mais dos clientes que se movimentam pelas cidades de formas multimodais – e para os quais estilo e funcionalidade são importantes”, diz Thorsten Schrader, gerente de projeto para micromobilidade da Audi. Embora o piloto mantenha uma mão sobre o guidão, ele controla o patinete como um skate, com os pés mudando seu peso. Os eixos móveis com quatro rodas permitem curvas muito apertadas. “Naturalmente o Audi e-tron scooter também se move em linha reta. Porém a sensação de fluxo só acontece quando você começa a trafegar no asfalto – e isso é surpreendentemente fácil com nosso novo conceito”.

O guidão dá estabilidade e mantém a bateria e os itens eletrônicos – há ainda um display que mostra a condição da bateria. O piloto acelera e freia através de uma manopla de torção. A autonomia de 20 km é obtida através da recuperação quando o patinete elétrico é freado. O freio de serviço hidráulico proporciona segurança adicional. No fim de 2020, clientes poderão comprar o patinete elétrico e-tron Audi por cerca de 2 mil euros.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais