Audi traz A8 com direção autônoma nível 3

O novo Audi A8 será o primeiro carro com condução autônoma nível 3 a ser produzido em série. De acordo com um levantamento realizado pelo Brookings Institute (grupo de pesquisa norte-americano), estima-se que, nos últimos três anos, as montadoras de carros investiram cerca de US$ 80 bilhões em tecnologia para melhorar a segurança das pessoas nas ruas e no volante, para evitar acidentes e ajudar em situações de emergência e no fluxo do trânsito.

Toda esta tecnologia estará presente no Salão Internacional do Automóvel, que para esta 30ª edição, que acontece entre os dias 8 e 18 de novembro, preparou diversas atrações, com grande destaque para o New Mobility Trends and Future, espaço único e completo que debaterá o futuro da mobilidade com conteúdo, experiência, inovação e exposição.

O desenvolvimento da tecnologia de condução autônoma da Audi foi liderado pelo paulistano Thomas Müller, atualmente Vice-Presidente de Chassis e Desenvolvimento, bem como direção autônoma na Audi AG, na Alemanha. Ele entrou na companhia em 2001, como trainee. Desde de 2010, liderou o desenvolvimento dos sistemas de freios, direção e assistência ao motorista para todos os modelos da Audi, e a condução autônoma.

Para usar o sistema desenvolvido pelo brasileiro, basta acionar um botão no console e o assistente de trânsito do carro assume o controle do volante, do acelerador e do freio. O motorista pode tirar as mãos da direção e os pés dos pedais e focar em outras atividades oferecidas pelo automóvel, permitidas pelas leis locais, enquanto o carro segue com autonomia em velocidade até 60 km/hora.

O nível 3 de autonomia, em uma escala de 1 a 5, são veículos que podem se movimentar por conta própria, tanto na parte de aceleração e direção quanto no monitoramento ativo do ambiente. Isso permite que o motorista foque completamente em outras atividades, mas eventualmente terá que assumir o controle em situações de risco. É o nível mais avançado de autonomia da atualidade. Para se ter uma ideia, no nível 4 o motorista poderia dormir e no nível 5 não precisaria existir condutor.

O novo Audi A8 já atende ao nível 3 graças a sensores ultrassônicos, 5 câmeras e 5 radares. A Audi também é a primeira fabricante de automóveis a usar um scanner a laser no carro autônomo. Em termos de segurança, o sistema reconhece, por exemplo, se algum carro está vindo para bater de lado no Audi A8 e levanta as suspensões rapidamente para aumentar o nível de proteção dos ocupantes.

Na hora de estacionar, o carro também faz as manobras sozinho. Ou se preferir, basta acionar pelo smartphone o assistente de estacionamento remoto, de fora do carro. Imagina a inveja dos vizinhos…

Veja também...

Veja mais
Carregar mais