i3 com desconto de R$ 52 mil

i3 com desconto de R$ 52 mil

A BMW está dando um desconto de R$ 52 mil no i3 em todo o Brasil. O carro é elétrico e tem um design futurista com portas ao estilo suicida. É um veículo bem conectado, funcional e cheios de novidades

133
0
COMPARTILHAR

O mundo dos automóveis segue o rumo dos plugados na tomada de energia elétrica. Modelos com tecnologia plug-in já são uma realidade para os fabricantes de veículos e mostram que a onda é a da emissão zero de poluentes no meio ambiente. A alemã BMW investe forte na marca BMWi e já oferece dois modelos com motor elétrico, o “pequeno” i3 e o superesportivo i8.

bmwi

No mês passado, as revendas de todo o Brasil entraram no ritmo de um superdesconto, preço de um carro de entrada completaço, tirando R$ 52 mil no preço final do compacto elétrico i3.

O moderno i3 vinha sendo vendido por R$221.950, na versão Rex, e R$230.950, na Rex Full. Agora, o carro elétrico pode ser encontrado por R$ 169.950 e R$ 179.950, respectivamente – uma variação de até R$ 52 mil.

Marco Aurélio Martins, foto publicada em matéria no Classiautos do Jornal A TARDE

Em dezembro de 2014, andei com exclusividade e em primeira mão no i3 nas ruas de Salvador. O carro elétrico da BMW surgiu no Salão de Frankfurt 2011 e é mais uma opção da “onda verde” na Europa. Aqui, o governo brasileiro zerou o imposto mas as vendas ainda são tímidas. A marca bávara tem seu projeto BMWi e garante que 100% dos seus carros devem ser totalmente elétricos até 2025.

A fabricante alemã BMW quer plugar de vez os automóveis na tomada. O elétrico BMW i3 surpreende pelo design, pacote de equipamentos e, principalmente, pela poluição zero no meio ambiente. O i3 tem design inusitado com dupla tonalidade na carroceria – com frente de “bico” curto e faróis diurnos de LED, laterais de linhas arrojadas com portas traseiras suicidas e um par de lanternas de LED.

bmw-i3_100553431_m

Não há como não olhar para o i3. O hatch com pegada de minivan é vendido nas versões Rex Entry e Rex Full, com um extensor de autonomia que garante rodar 300 km. Conta com bateria de íon-lítio de 22 kWh para uma autonomia de 160 km com uma carga. Plugado na tomada, o i3 depende também de um pequeno motor a combustão de dois cilindros (movido a gasolina) e de 647 cm³ para gerar 34 cavalos. No entanto, quem empurra o carrinho alemão é um conjunto de bateria com 96 células de íon/lítio e um motor que gera até 170 cavalos de potência máxima e 25,5 kgfm de torque instantâneo.

De tração traseira, o BMW i3 deixa qualquer um empolgado com sua autonomia urbana. Se por fora o i3 empolga, a BMW utilizou toda a tecnologia para mostrar que os carros devem ser sim bem conectados, funcionais e cheios de novidades. O i3 é uma realidade para quem tem consciência ecológica e deseja, de fato, contribuir para a redução de emissões de poluentes no meio ambiente.

bmw i3

 

 

 

 

 

 

 

 

A fabricante alemã também equipou o i3 com itens de tecnologia embarcada. Há o serviço exclusivo de concierge 24 horas para dicas de restaurantes, programação de cinemas e até de trânsito. Sua conectividade é via o moderno BMW Connected Drive.

Produzido em Leipzig (Alemanha), o BMW i3 abusa da praticidade para o motorista e, principalmente, para os passageiros. Nada como um veículo com portas traseiras que se abrem ao contrário – no modo antigo suicida – para facilitar a entrada no banco traseiro. Seu painel é futurista, com um multimídia com GPS integrado e um kit de conectividade.

bmw i3 3

O i3 pode ser chamada de um carro compacto, mas o veículo é extremamente espaçoso. Há soluções inusitadas do material das portas e do painel como também nos inúmeros porta-copos e porta-objetos espalhados pelo interior. Sem túnel central, o veículo é para quatro pessoas, facilitando a entrada  por meio das portas traseiras que se abrem ao contrário.

 

Carregar a bateria

A engenharia da BMW incluiu uma série de componentes e dispositivos de última geração. O carro tem ainda sistema de freios regenerativos – que abastecem a bateria – e um sistema de diminuição de velocidade no momento em que o motorista retira o pé do acelerador. A BMW equipa o i3 com ar-condicionado digital, câmbio CVT – com a alavanca atrás do volante – e modos Eco-Pro e Eco-Pro+, que alimentam o pedal do acelerador e sistema elétrico para poupar energia. No Eco-Pro+, a velocidade máxima de 150 km/l é limitada a 90 km/h e o ar-condicionado não funciona.

A BMW oferece uma estação BMW i Wallbox, que é essencial para o dono do elétrico i3 sair de casa com a bateria totalmente carregada em uma tomada apropriada para o abastecimento. A estação de abastecimento faz o papel de posto de combustíveis, já que, no Brasil, não há uma infra-estrutura para o abastecimento de carros elétricos nas ruas ou em locais previamente indicados nas grandes cidades no país.

O i3 pode também receber recarga por meio de tomadas convencionais aterradas de 220 volts e 110 volts. Porém, a demora é de oito horas a 16 horas no processo de recarga.

O BMW i3 vem com um teto solar manual e dividido em dois (para o motorista e outro para o carona) e uma suspensão calibrada para as nossas estradas. O modelo da BMW vem equipado com pneus mais finos 175/60R19 – há as opções de 17″ ou 18″ . Para quem precisa de espaço, o porta-malas é razoável – são 260 litros. Na parte frontal, há um compartimento para objetos de primeiros socorros e de ferramentas de troca de pneu.

bmw-i3-interior-front-and-rear

No uso  diário e urbano, o BMW i3 oferece todas as informações no computador de bordo, que traz a autonomia e indica a capacidade das reservas de energia (no modo a  gasolina ou no elétrico, podendo chegar a mais de 300 km).

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA