Bridgestone investe em Camaçari

O setor de pneus está em expansaão seguindo os caminhos da indústria automotiva brasileira. A fabricante Bridgestone anunciou um investimento de US$ 50 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões) na ampliação da sua fábrica no complexo industrial de Camaçari. O montante vai aumentar em 30% o processo produtivo, passando das atuais 8 mil unidades/dia para 10,5 mil pneus/dia a partir de 2014. A empresa produz pneus de carros de passeio, picapes e de alta performance na unidade baiana

A Bridgestone anunciou, ontem, investimento de US$ 50 milhões (aproximadamente R$ 80 milhões) na ampliação da sua fábrica no complexo industrial de Camaçari. O montante vai aumentar em 30% o processo produtivo, passando das atuais 8 mil unidades/dia para 10,5 mil pneus/dia a partir de 2014.

O diretor industrial da Bridgestone/Camaçari, Irineu Barbosa, adiantou que no primeiro momento serão criados 40 postos de trabalho – cerca de 7% -, ampliando o quadro de 600 trabalhadores diretos da produção.

Ontem, em visita ao diretor-executivo do Grupo A TARDE, Renato Simões Filho, o diretor industrial da Bridgestone/Camaçari destacou que a empresa colocará em prática a expansão da fábrica, que utiliza apenas 20% de sua área de 1 milhão de metros quadrados.

“Trabalhamos na produção para o mercado nacional e para exportação em dois prédios. A intenção é a de readequar o nosso processo de fabricação integrando os dois módulos aos novos equipamentos que serão trazidos do Japão. Assim, a produção será feita em integração entre todos os setores na fábrica de Camaçari”, enfatiza Barbosa.


A expansão da produção da fábrica na Bahia reforça o crescimento da cadeia automotiva – com recordes de vendas de veículos nos últimos cinco anos – no Brasil. Segundo Barbosa, os “pneus nacionais” enfrentam a forte concorrência dos produtos importados, especialmente os chineses – que chegam com valores mais baixos por conta de um dumping de preços. “O valor do pneu chinês é quase irreal”, destacou.

A Bridgestone Corporation teve um faturamento de US$ 33,8 bilhões em 2010 e emprega mais de 139 mil funcionários em unidades e operações em 25 países. De capital fechado com duas fábricas no Brasil – Santo André (SP) e Camaçari (Bahia) -, a empresa é detentora das marcas Bridgestone e Firestone.

* Matéria publicada no Jornal A TARDE

Veja também...

Veja mais
Carregar mais