Corolla, o líder “quase” imbatível no Brasil

AUTOS E MOTOS rodou na versão XEi, a intermediária e com pacote amplo de equipamentos. A Toyota oferece hoje quatro versões de acabamento, incluindo a GLi Automática, XEi, XRS e a topo da gama Altis.

Por Roberto Nunes

 

A liderança do Corolla é incontestável no Brasil. Entre os médios, o sedã da Toyota ganha disparado dos concorrentes diretos (Honda Civic, Chevrolet Cruze e Ford Focus) no país. De janeiro para cá, surgiu uma “nova leva” de sedãs, menores e com conectividade, opções de motores e versões e, principalmente, de preço mais baixo.

Mas, a tradição do Corolla garante uma longa vida no mercado. AUTOS E MOTOS rodou na versão XEi, a intermediária e com pacote amplo de equipamentos. A Toyota oferece hoje quatro versões de acabamento, incluindo a GLi Automática, XEi, XRS e a topo da gama Altis.

O Corolla XEi é um dos mais completos e vem equipado com o motor 2.0 flex, de 154 cavalos, e câmbio automático CVT. O outro motor 1.8 flex ficou apenas para a versão de entrada GLi. Mas há mudanças no sedã de linhagem japonesa. Na leve repaginada no visual, o Corolla 2018 ganhou novos faróis, para-choque e grade frontal. Sua traseira também tem novidades com as lanternas de LED e  para-choque redesenhado. Ainda com ar sisudo, o sedã da Toyota quer também conquistar os clientes mais jovens. Por conta disso, o carro vem com novas rodas e antena no teto do tipo barbatana de tubarão .

O câmbio é automático ao estilo CVT nas versões com motor 2.o flex
O câmbio é automático ao estilo CVT nas versões com motor 2.0 flex, de 154 cv

Mas para conquistar a clientela é necessário ir além do visual. A Toyota inclui itens como o assistente de partida em rampas e o conjunto de sete airbags, equipamentos de série em todas as versões vendidas no Brasil. Seu interior continua com ar mais tradicional. Foram poucas mudanças e não são tão visíveis assim. O carro tem agora novo acabamento, grafismo no painel de instrumentos e difusores arredondados do ar-condicionado no painel.

 

Mecânica e pacote de itens

 

O Corolla XEi sai por R$ 99.990 e entrega sistemas de controle eletrônicos de tração e de estabilidade, além da direção elétrica, ar-condicionado, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, computador de bordo, volante multifuncional e vidros, travas e retrovisores elétricos e luzes diurnas de LED. É pouco? É o que todos os sedãs médios oferecem no Brasil.

De fato, todo Corolla é um “cheque ao portador”. Sua liderança no Brasil mostra a força do sedã médio da marca japonesa no mercado. É notório que a chegada de modelos inéditos, como o Fiat Cronos e Volkswagen Virtus, realmente mexa com a cabeça do consumidor. No entanto, o Corolla está acima destes novos modelos – que naturalmente vão brigar mais com o andar de baixo – Chevrolet Prisma, Chevrolet Cobalt, Honda City, Ford New Fiesta, entre outros – e versões mais baratas dos médios (Nissan Sentra, Citroën C4 Lounge).

No Brasil, o Corolla se impõe pela sua tradição. O sedã médio da Toyota está com suspensão recalibrada, amortecedores mais ajustados e direção mais eficiente. A equipe do AUTOS E MOTOS aproveitou o amplo pacote de equipamentos. Entre os itens, estão lá o sistema de chave presencial, retrovisor interno eletrocrômico, piloto automático e rodas de liga leve de 17 polegadas.

IMG_5054

 

Na Bahia, nada mais justo do que usar o sistema de ar-condicionado digital. O sedã Corolla tem ainda faróis de neblina, acendimento automático dos faróis, painel de instrumentos com tela colorida de 4,2 polegadas e sistema multimídia com tela de sete polegadas, navegador GPS, leitor de DVD, TV digital e câmera de ré.

IMG_5769

 

O multimídia não é dos melhores do mercado. Porém, faz seu papel de auxílio ao entretenimento dos passageiros e oferece uma conectividade “básica” para todos. Hoje, o mercado de automóveis está bem evoluído no multimídia, e a Toyota deve avançar para garantir uma conectividade mais plena para o uso do smartphone como apoio ao motorista e aos passageiros a bordo.

O compartimento de carga é de 470 litros, razoável para transportar malas. Já o tanque é de 60 litros.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais