Cuidado com a revisão do carro

Cuidado com a revisão do carro

140
0
COMPARTILHAR
Veja os cuidados da viagem segura

Nada como um feriado prolongado para curtir com a família. Para garantir o lazer, é bom pegar a estrada com o carro em ordem e com todos os equipamentos e sistemas revisados para evitar sustos e quebra na viagem. A Total Lubrificantes, empresa do setor automotivo, indica uma série de cuidados para quem vai viajar no feriado prolongado da Independência do Brasil.

check-list do carro começa pelos componentes básicos (palheta do limpador do para-brisa, bateria, luzes dos faróis, entre outros) e itens dos sistemas de freio e da suspensão do automóvel.

Confira, abaixo, os sete cuidados que o motorista deve ter ao viajar de carro neste feriado, segundo o especialista Fábio Silva, da Total Lubrificantes.

estrada

 Dicas:

1-      Óleo e filtro: devem ser trocados periodicamente, conforme recomendação do fabricante do veículo, por km ou tempo de uso. Porém, é importante estar atento para que as substituições sigam as mesmas especificações da montadora. Use sempre lubrificantes de alto desempenho da linha TOTAL QUARTZ.

2-      Combustível e freios: essenciais para o funcionamento do carro, precisam ser avaliados para o motor ter um bom desempenho. Em caso de muita sujeira, pode ocorrer entupimentos. O sistema de freios tem que ser revisado a cada 10 mil quilômetros, bem como o fluido do freio, mas, sempre, por profissionais gabaritados. Utilize a linha de fluidos de freio TOTAL DOT 3 ou 4.

3-      Arrefecimento: normal (mineral) ou de longa duração (fluido orgânico – OAT), é necessário seguir a recomendação do fabricante e manter a água do radiador no mesmo nível estipulado. Assim, a temperatura do motor se mantém em condições corretas para evitar o aquecimento. A Total Lubrificantes tem todos os tipos de fluidos de arrefecimento concentrado (TOTAL GLACELF) e prontos para uso (TOTAL COOLELF).

 4-      Pneus: é necessário calibrá-los, bem como o estepe, e avaliar se há diferenças de pressão no veículo carregado e vazio, desde que não estejam gastos.  A avaliação do desgaste é feita de forma simples pelo TWI (Tire Wear Indicator – Indicador de Desgaste do Pneu), que são saliências que ficam entre as ranhuras do pneu.

5-      Suspensão, bateria e palhetas: devem ser revistas a cada 10 mil quilômetros, incluindo a geometria e o balanceamento. Além disso, é fundamental avaliar o desgaste de amortecedores, molas, buchas e batentes, inclusive a bateria. Já as palhetas não podem estar tortas, nem com a borracha ressecada.

6-      Painel e Lâmpadas: representam as condições do veículo, por isso, em caso de dúvida sobre o significado das luzes, consulte o manual do carro. Nunca viaje com alguma lâmpada queimada, pois é perigoso e ainda pode render multas ao motorista.

 7-      Itens de Emergência: antes de pegar a estrada, verifique se todos os componentes básicos de segurança estão no lugar. Entre eles, não podem faltar o triângulo, a chave de roda, o macaco e o estepe.

 

 

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA