Discovery Sport bebe diesel

A Land Rover promoveu a Expedição Discovery Sport. Foram dois dias por estradas e trilhas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais para testar a versão com motor 2.2 diesel, de 190 cavalos de potência.

Roberto Nunes, em Itatiaia (RJ)

Antes de iniciar a produção de veículos na fábrica de Itatiaia (RJ) a partir de 2016, a Land Rover reforça a tropa dos veículos 4×4 no Brasil. Na semana passada, participei da Expedição Discovery Sport , evento realizado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais para a apresentação da versão a diesel do utilitário premium, que chega ao mercado brasileiro com a opção do motor SD4 2.2 turbodiesel, de 190 cavalos, e transmissão automática com nove velocidades.

Lançado mundialmente em janeiro deste ano na Islândia, o Discovery Sport traz sob o capô o propulsor a óleo, aumentando o leque para quem não aprecia tanto o motor 2.0 turbo a gasolina, de 240 cavalos. A fabricante inglesa garantiu a aventura a bordo do Discovery Sport a diesel em um test drive por quase 600 km, divididos em dois dias para cruzar os lugares mais inóspitos das trilhas do Parque Nacional de Itatiaia, a primeira área de conservação brasileira de proteção integral da natureza, na Serra da Mantiqueira, entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Versões
disco2O utilitário já está à venda no Brasil nas versões de acabamento SE (R$ 218.100), HSE (R$ 242.700) e HSE Luxury (R$ 270.700).

A Land Rover capricha no pacote de equipamentos de série e oferece a opção para cinco lugares ou sete lugares. Além de toda a parafernália tecnológica, o carro bebe, literalmente, na fonte dos modelos 4×4. O SUV tem tração integral e se destaca com seu pacote de força e disposição, chamado pela Land Rover de Terrain Response – um dispositivo para a leitura do terreno e facilmente usado por meio de um seletor localizado no painel. Em caso de solos irregulares, por exemplo, o motorista precisa apenas posicionar a opção “lama”. Com a tração integral, o carro mostra toda a disposição para sair dos obstáculos e situações complicadas.

E os pacotes de segurança e de luxo já estão na configuração SE. Tem controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, sete air bags, multimídia com tela de 8”, bancos de couro, acesso e partida sem a necessidade de chave nas mãos, ar-condicionado digital de duas zonas e câmera de ré e sensores de luz, chuva e estacionamento.

disco 3
Seguindo a tendência do mercado mundial, há ainda itens opcionais, como o navegador GPS (R$ 3.200), teto panorâmico fixo (R$ 4.900), segunda fileira com rebatimento 60:40 (R$ 1.600) e habilitação de aplicativos no multimídia (R$ 1.600). De série, o Discovery Sport HSE vem com o teto panorâmico; GPS, rodas de aro 19, bancos revestidos de couro, sensor de estacionamento dianteiro e som com 10 alto-falantes e subwoofer.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais