COMPARTILHAR

Por Roberto Nunes

Pioneiro no segmento dos utilitários urbanos, o EcoSport viu o avanço de rivais fortes como o Jeep Renegade, Renault Duster e Honda HR-V, hoje o líder de vendas no mercado brasileiro. A Ford demorou mais de um ano para apresentar a reestilização da segunda geração do carro que foi desenvolvido em Camaçari e atualmente já é fabricado e vendido em mercados da Europa, China, Rússia, Índia e nos Estados Unidos.

Autos e Motos testou por 10 dias nas ruas de Salvador a versão topo da gama, a Titanium com pacote completo de itens de comodidade, segurança e de conectividade. Único “veículo desenvolvido no Brasil como modelo global da indústria automotiva, o Ford EcoSport evoluiu para chegar mais perto do topo do pódio dos SUV´s urbanos mais vendidos no país.

IMG_20170917_073438465

Para tanto, a Ford usa sua experiência na produção de utilitários. Além das mudanças estéticas e de perfumaria interna, o novo EcoSport ganhou uma moderna central multimídia lincada ao Sync 3, com tela flutuante de 8 polegadas, melhor acabamento interno com a cor clara “Light Stone”, novos mostradores e painel de instrumentos mais caprichado. Com as mudanças no painel, os ocupantes têm a sensação de que o carro ficou mais espaçoso.

Modelo tem motor 2.0 flex gera 176 cavalos e câmbio automático de seis velocidades
Modelo tem motor 2.0 flex gera 176 cv e câmbio automático de seis velocidades

Sob o capô, a versão Titanium traz o bom motor 2.0 flex, de injeção direta de combustível e duplo comando variável independente de válvulas. O propulsor ganhou componentes como o bloco, cabeçote e cárter de alumínio, e gera 176 cavalos, a maior potência da categoria. O modelo, segundo dados da Ford, acelera de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos. Item de reclamações e até de críticas mais fortes para um possível recall, a transmissão automatiza de dupla embreagem foi substituída pelo novíssimo câmbio automático, com conversor de torque, e seis velocidades. A transmissão permite ainda trocas manuais pelas aletas instaladas atrás do volante.

 

Bem equipado 

Típico carro urbano, o EcoSport não chega a empolgar no visual. Foram mudanças pontuais para alinhar o modelo ao padrão global da Ford. No entanto, o EcoSport Titanium é o mais completo. Ainda não é ofertado com a tração 4×4 AWD, mas traz um amplo pacote de equipamentos. Entre eles, estão o piloto automático (controle de cruzeiro), sete airbags de série (frontais, laterais dianteiras, de cortina e de joelhos para o motorista), direção elétrica, monitoramento individual de pressão dos pneus, câmera de ré, alerta de ponto cego e tráfego cruzado e o sistema anticapotamento.

Central multimídia vem com Synk 3 e tecnologia embarcada
Central multimídia vem com Synk 3 e tecnologia embarcada

Na parte mecânica, houve ajustes e reforços no conjunto de suspensão, com eixo traseiro de curso ampliado e molas reforçadas para melhor absorção de impactos. O EcoSport Titanium é um carro extremamente seguro e vem com controle de estabilidade e de tração, além de assistente de partida em rampa, ar-condicionado digital, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro, alarme e sistema de fixação Isofix para duas cadeiras infantis.

Sistema operacional oferece opção de uso de aplicativos e do GPS
Sistema operacional oferece opção de uso de aplicativos e do GPS

A conectividade é uma arma hoje para todos os veículos vendidos no mundo. A Ford investe forte neste ponto e oferece o novo multimídia. Há novo acabamento no painel de instrumentos e os bancos foram redesenhados, com bom apoio lateral. Na versão Titanium, há couro tratado com repelente de sujeira. O volante é multifuncional e em couro. O teto solar elétrico é ofertado.

Destaque maior é a conectividade, com a a central multimídia de nova geração SYNC 3, com tela flutuante sensível ao toque de alta resolução e comandos de voz. O som é Sony e o carro possui nove alto-falantes. Seu painel de instrumentos está com uma tela colorida auxiliar de 4,2 polegadas para as informações do computador de bordo.

Para entrar no carro e ligar o motor, basta apenas estar com a chave no bolso. Há sensores nas maçanetas das portas dianteiras para destravar as portas, e a partida deve ser feita por meio de um botão localizado no painel. O novo EcoSport vem com sensor de chuva, porta-luvas climatizado, porta-malas com abertura elétrica e acendimento automático dos faróis. Os vidros são elétricos e tem acionamento a um toque.

Pneu estepe continua oendurado na tampa do porta-malas
Pneu estepe continua pendurado na tampa do porta-malas

Para cinco ocupantes, o EcoSport não deixa a desejar. Modelos como o Hyundai Creta e o Honda HR-V têm maior espaço. O carro da Ford tem porta-malas de 356 litros. Com os bancos rebatidos, o espaço atinge a capacidade de carga de 1.178 litros. Mesmo com todas as mudanças, o EcoSport tem uma briga árdua para retomar seu posto no mercado brasileiro.

 

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA