Etios é o carro de entrada da Toyota

O compacto Etios será lançado no segundo semestre no Brasil. Com produção prevista para a futura fábrica em Sorocaba (SP) a partir do segundo semestre, o novo modelo da Toyota chega nas versões hatch e sedã com motores flex 1.3 e 1.5 (apenas no três volumes) e transmissão manual de cinco marchas para brigar no segmento de entrada no País.

Na semana passada, Classiautos esteve no Japão e andou, com exclusividade, nos modelos pré-série do Etios e traz, agora, um raio X do novo veículo da Toyota que deseja sua fatia no concorrido segmento dominado pelo Volkswagen Gol.
O Etios já é vendido na Índia e na África do Sul e, como carro de perfil global, tem a missão de ser vendido em mercados da Ásia, Oriente Médio e da América do Sul. No Brasil, a Toyota irá inicialmente produzir cerca de 70 mil unidades (hatch e sedã) e vai posicioná-lo na faixa entre R$ 30 mil e R$ 45 mil. Assim, o Etios hatch bate de frente com o Volkswagen Gol, Fiat Palio e modelos asiáticos como o japonês Nissan March e, em breve, com o sul-coreano Hyundai HB, que terá produção nacional também no segundo semestre. Já o sedã chega para ganhar o público que deseja um carro espaçoso e de mecânica confiável. Entre os rivais, estão o Fiat Grand Siena, Chevrolet Cobalt, Renault Logan, Nissan Versa e VW Voyage.

Mas, o grande rival vem mesmo da Ásia. Responsável pelo projeto Etios, o engenheiro japonês Isami Nishimura (chamado de Doutor Etios) mencionou com preocupação a chegada dos carros do Projeto HB. “Como vocês devem saber, a Hyundai vai lançar um novo carro no segundo semestre”, lembrou Nishimura. Por conta disso, os dados técnicos de potência e torque do Etios só serão divulgados no lançamento no Brasil. Nada de dar armas ao inimigo.

A japonesa Toyota sempre prezou pela qualidade de acabamento e mecânica confiável do conjunto motor dos seus veículos. Os modelos pré-série testados foram montados no Japão com o apoio de engenheiros brasileiros e, por isso, havia alguns descuidos, como espelho-vigia apenas no lado do motorista, aparelho de rádio e CD player desligado e peças do painel mal encaixadas, que naturalmente serão devidamente corrigidos na montagem realizada na fábrica de Sorocaba.
Tanto o Etios hatch quanto a versão sedã terão três anos de garantia, a mesma oferecida pela Toyota no Brasil. Rodamos em sessões de testes na pista de Spa Nishiura Motor Park, um autódromo de corridas de motos e de carros esportivos em Gamagori-shi, no Japão.
O Etios tem uma frente de linhas mais tradicional com destaque para a grade, capô, para-lamas com faróis de neblina e conjunto ótico alongado. O modelo hatch traz um spoiler traseiro que valoriza e dá um ar mais esportivo ao veículo.
A Toyota equipa as versões hatch e sedã com motores flex 1.3 e 1.5, ambos 16V e DOHC, produzidos com exclusividade para o modelo brasileiro. A transmissão manual de cinco marchas tem bons engates. Em breve, a versão sedã deverá ter uma transmissão automática.
O Etios nacional incorporou novos detalhes na grade, calotas, spoiler e materiais usados no painel e no acabamento das portas e bancos. Ao ser comparado com outros carros Toyota, o compacto Etios realmente não é um exemplo de esmero no acabamento. Mas, seu desempenho é razoável por conta da boa relação mecânica e suspensão mais dura, que se saiu bem nos obstáculos montados na pista.

* Matéria publicada no Jornal A TARDE

Veja também...

Veja mais
Carregar mais