Fórmula 1 no GP da Áustria: chama o VAR

Tem que tirar as Mercedes da frente do grid para se ter emoção hoje em dia na Fórmula 1. Desde os treinos livres esse GP da Áustria tinha algo diferente. Várias saídas de pista com os pilotos tentando melhores configurações para fazer as curvas.

Problema resolvido foram para os treinos oficiais e no fim deste a pole do Leclérc não se mostrou surpreendente, mas quem estuda mais a fundo as corridas perceberam que as sempre favoritas Mercedes precisaram de muito mais voltas para se garantirem num bom posicionamento no grid, principalmente o Hamilton, foram 27 conta 19 então ficou óbvio que algo estava acontecendo e que os pneus seriam determinantes.

Leclérc tinha usado bem, mas Verstappen estava com melhores números. Para a corrida o Hamilton foi punido e perdeu sua posição na largada e Verstappen ficou na segunda posição melhorando suas chances, mas largou muito, mas muito mal e o que se viu foi um show de ultrapassagens durante a corrida, as Alfas e McLarens que conseguiram boas posições para largar foram sucumbindo. Vettel largou em décimo e veio se recuperando até o momento de uma desastrosa troca de pneus; Bottas se mantinha discreto em segundo lugar e Hamilton brigava com o carro devido a um sério problema na asa dianteira, a asa foi trocada e depois de algum tempo o desempenho voltou a cair

Então a mágica se deu, ficou guardada para o fim da corrida as maiores emoções. Max Verstappen veio passando todo mundo e num embate épico ultrapassou Leclérc, de certa forma jogando-o para fora da pista, lance de corrida assim como foi o da punição do Vettel no Canadá, então se puniu um tem que punir o outro.

Aqui vai uma opinião pessoal: o fato negativo foi o piloto da Red Bull, o Pierre Gasly, que está sendo super questionado na equipe. Quando o seu companheiro de equipe ( Verstappen) largou mal ficaram ambos juntos, e Max começou uma escalada com ultrapassagens corajosas enquanto o Gasly ficou muito tempo sem reagir e quando o fez foi com muita dificuldade mostrando então uma diferença enorme entre os pilotos. Sua posição na equipe está mais do que perigando.

O resultado oficial da corrida demorou mais do que o normal, o protocolo. foi mantido, teve pódio e hino holandês e ficou se esperando o resultado oficial que até esse momento não saiu. Com o resultado ATUAL Hamilton continua como líder com 197 PONTOS, o desanimado Bottas segue em segundo com 166 pontos desanimando uma esperança de luta pelo título, Max Verstappen vem em terceiro com 16 e Vettel com 125, próxima prova GO de Silverstone, Inglaterra.

Durval Pereira é comentarista automobilístico

Veja também...

Veja mais
Carregar mais