Frontier 2019 ganha versões mais equipadas

Nissan Frontier fabricada na Argentina chega com linha completa à Bahia

A picape média Frontier chega da Argentina com melhorias no pacote de equipamentos e versões recheadas de novidades, como a de visual esportivo Attack. Produzida na planta de Córdoba, a Frontier está em sua 12ª geração e somente é ofertada com motor 2.3 turbodiesel, de uma ou duas turbinas, com potência de 160 cv ou 190 cv, câmbio manual ou transmissão automática, tração 4×4 e suspensão traseira multilink com eixo rígido, única no segmento de picapes médias.

A picape da marca japonesa Nissan enfrenta rivais como a Toyota Hilux, Mitsubishi L200, Volkswagen Amarok, Ford Ranger e Chevrolet S10 e já está sendo vendida na versão de entrada S 4×4 com câmbio manual. É a configuração mais básica, a de entrada, destinada para o uso no trabalho, que tem valor de R$ 136.190.

O modelo volta com a opção Attack, que sai por R$ 153.590 e traz um pacote de componentes visuais para reforçar o pacote mecânico de tração 4×4, câmbio automático de sete velocidades e motor 2.3 biturbo, de 190 cavalos de potência e torque máximo de 45,9 kgfm. Para completar o portfólio, a Nissan oferece a XE, que ocupa a vaga da configuração LE 2018, e sai por R$ 172.800. A versão mais cara da Frontier é a nova LE, com preço de R$ 193.290.

Maior mercado da Nissan no Nordeste, a Bahia ganhou apresentação regional da Frontier “Made in Argentina” – antes, o modelo era produzido no México. Por aqui, a participação do Frontier no segmento de picapes médias movidas a diesel subiu de 2,9% em janeiro de 2018 para 4,5% no mesmo mês este ano. Mesmo sem ter acabado, fevereiro repete a tendência: 5,8% para 7,4%, respectivamente.

O modelo de entrada S 4×4 tem potência de 160 cavalos, já que usa apenas um sistema de turbina que garante a força para quem utiliza a picape no trabalho. A Nissan equipa este modelo com ar-condicionado manual com saída para os bancos traseiros, direção hidráulica, painel de instrumentos analógico, retrovisores externos com ajuste elétrico, volante com ajuste de altura, alarme com sistema imobilizador, tomada de 12V e entrada USB, entre outros. Destaque para itens como sistema Isofix, seis airbags, , controle de descida de morro (HDC), controle de tração e estabilidade (VDC), e assistente de partida em rampa (HSA).

As quatro versões da Frontier – S 4×4, Attack 4×4, XE 4×4 e LE 4×4 – são bem equipadas. A NIssan inclui novos itens como sistema de visão 360º inteligente, detector inteligente de objetos em movimento, teto solar, novo sistema multimídia A-IVI com tela de oito polegadas, sistema Isofix, seis airbags, entre outros. Também há novidades no interior, na suspensão, nas rodas, na direção, na motorização, na transmissão e no sistema de tração.

Esta picape Frontier é hoje feita na mesma planta de Córdoba da produção da Mercedes-Benz Classe X e da Renault Alaskan, modelos que chegarão futuramente no mercado brasileiro. Em breve, Autos e Motos sai com a avaliação da Frontier Attack, com o bom motor 2.3 diesel, com sistema de duas turbinas, e todo o pacote tecnológico, visual e de equipamentos disponíveis pela Nissan. O modelo tem três anos de garantia e ganhou uma nova cor, a inédita cayman blue.

 

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais