Gemballa mostra Enzo tunada ao extremo

A empresa alemã Gemballa tem sua reputação enraizada na modificação de esportivos da Porsche, mas parece que a preparadora quer mostrar ao mundo que consegue fazer alterações drásticas em superesportivos de outras marcas.

Chamado de MIG-U1, este monstro no começo era uma "civilizada" Ferrari Enzo

A empresa alemã Gemballa tem sua reputação enraizada na modificação de esportivos da Porsche, mas parece que a preparadora quer mostrar ao mundo que consegue fazer alterações drásticas em superesportivos de outras marcas. O fruto desta ousadia você vê aqui. Chamado de MIG-U1, este monstro no começo era uma “civilizada” Ferrari Enzo. Depois de passar pela garagem da Gemballa o motor 6.0 litros V12 passa a produzir 700 cavalos de potência.

Apenas 25 unidades do MIG-U1 serão produzidas

As inúmeras modificações na carroceria de fibra de carbono não são mera estética. Os novos pára-choque e spoiler dianteiro produzem 35 quilos a mais de pressão aerodinâmica. Nas laterais, o carro ganhou novas saias e extensões nas portas que direcionam o ar para o aerofólio traseiro, para os dutos de admissão do motor e para o sistema de arrefecimento do motor e dos freios. Há ainda uma asa traseira que se abaixa ao superar 120 km/h, para diminuir o arrasto aerodinâmico. Todas estas modificações fizeram a Enzo ficar 8 centímetros mais largo na dianteira, e 10 cm, na traseira.

As rodas têm 19 polegadas e estão calçadas com pneus 265/35 na dianteira

Para conseguir estabilidade em altas velocidades, o MIG-U1 está bem colado ao chão. No entanto, um sistema eletro-hidráulico levanta o nariz do carro para ultrapassar lombadas e valetas. Não pense que vai ajudar muito, pois o carro sobe somente 4,5 cm. As rodas têm 19 polegadas e estão calçadas com pneus 265/35 na dianteira. Na traseira as rodas medem 20 polegadas e estão equipadas com pneus 335/30. Não há números de desempenho e apenas 25 unidades serão produzidas.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais