GM pede US$ 2,6 bi para desenvolver Volt

A marca deposita boa parte de suas esperanças de recuperação no Volt
A marca deposita boa parte de suas esperanças de recuperação no Volt

A General Motors quer mais dinheiro. A justificativa para o novo empréstimo, desta vez de US$ 2,6 bilhões (cerca de R$ 6 bilhões), é custear os gastos no desenvolvimento da plataforma Voltec. A base, que serve para o Volt, carro elétrico no qual a marca deposita boa parte de suas esperanças de recuperação, também poderá ser utilizado na criação de outros veículos movidos com esse tipo de energia. Mas, como a situação do grupo não é das melhores, os planos estão ameaçados por falta de recursos.

Além do Volt, a GM citou outros carros elétricos em seu projeto de reestruturação financeira entregue ao governo norte-americano. Tornar realidade o Cadillac Converj, modelo com motorização hibrida já conhecido como conceito, é uma das prioridades. O plano ainda traz um terceiro veículo ecológico. Rumores apontam que esse carro pode ser um novo utilitário da GMC ou um sedã da Pontiac.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais