Grand Siena é opção racional entre sedãs

O segmento de carros compactos está bem renovado. Entre os sedãs, há os novos Volkswagen Virtus, Toyota Yaris e Fiat Argo. No entanto, a marca italiana aposta ainda nos modelos de menor preço no mercado. Um deles é o Grand Siena, que é ofertado até em uma configuração com kit-GNV de fábrica voltado para taxistas e motoristas de aplicativos.

O Fiat Grand Siena foi lançado em 2012 para substituir o pequeno Siena. Hoje, é um opção e chega no modelo 2020 com visual caprichado e novos itens. O Fiat Grand Siena 2020 traz novo design na logomarca FIAT na traseira, grade e molduras do farol de neblina. Os faróis e lanternas possuem máscara negra. As calotas também chegam renovadas e o cliente ainda podem incluir rodas de liga leva de 15” (novo item opcional). O modelo passa a contar também com novas cores: Vermelho Montecarlo (sólida) e Cinza Silverstone (metálica), além das já conhecidas Preto Vulcano e Branco Banchisa (sólidas) e Prata Bari (metálica).

Vale dizer que o Fiat Grand Siena conta de série com itens como direção hidráulica, porta-malas iluminado com capacidade para 520 litros e Lane Change, que auxilia a condução do veículo na troca de faixas. Como outros opcionais, os clientes podem optar pelos kits tradicionais Creative 1 (R$ 1.900) e Creative 2 (R$ 2.500) tanto na versão com motor 1.0 como na com motor 1.4. Nessa última, ainda é possível incluir a predisposição para Kit GNV, lançada recentemente.

A nova gama 2020 do Fiat Grand Siena chega ao mercado por R$ 50.490 na versão Attractive 1.0 e R$ 55.990 na Attractive 1.4. O kit GNV custa R$ 690 e está disponível para a versão com motor 1.4.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais