Hilux agora com motor flex

Agora, a picape Hilux fica ainda mais competitiva e traz sob o capô o renovado motor 2.7 flex, de quatro cilindros, com até 163 cavalos (com etanol)

A Toyota saiu na frente e lançou a nova Hilux no ano passado. Na época, apresentou apenas a picape com motor a diesel. Na prática, as versões mais caras. Somente agora, a marca japonesa decidiu colocar no mercado a versão com motor flex da picape Hilux no País.

Fabricada na Argentina, a picape Hilux já está seus concorrentes reestilizados (Chevrolet S10 e Ford Ranger, por exemplo, já estão com suas versões a diesel e bicombustível.). Agora, a picape fica ainda mais competitiva e traz sob o capô o renovado motor 2.7 flex, de quatro cilindros, com até 163 cavalos (com etanol). Segundo dados do fabricante, a Hilux ficou até 7% mais econômica. São três versões de acabamento com o motor flex: SR 4×2, SRV 4×2 e SRV 4×4.

hilux1

A versão de entrada, a SR, já vem equipada com ar-condicionado, direção hidráulica,  trio elétrico, volante com regulagem manual de altura e profundidade, além de chave tipo canivete, alarme, ajustes manuais de altura dos faróis e banco do motorista, piloto automático simples e ganchos para cadeirinhas Isofix. Há também protetor de caçamba, rodas de liga leve de 17 polegadas e faróis de neblina. O utilitário SW4, derivado da plataforma da picape Hilux, também está com motor flex.

img_0150

Preços e versões:

– Hilux Flex SR 4×2 (tração traseira): R$ 111.700
– Hilux Flex SRV 4X2: R$ 120.800
– Hilux Flex SRV 4×4 (com reduzida): R$ 131.200
– SW4 Flex SR 4×2 de cinco lugares: R$ 159.600
– SW4 Flex SR 4×2 de sete lugares: R$ 164.900

Veja também...

Veja mais
Carregar mais