Hilux lidera entre as picapes médias no Brasil

A japonesa Nissan dispensou o segmento de picapes com motor flex e hoje só comercializa suas versões com motor a diesel, com uma turbina ou duas turbinas, no mercado brasileiro. Agora, a Ford já não oferece mais a opção da Ranger com motor flex em seu site. Assim, a picape Ranger é ofertada apenas nas configurações turbodiesel 2.2, de 160 cv, e 3.2, de 200 cv, da família Duratorq — sempre com cabine dupla.

De acordo com os dados do balanço de vendas de picapes entre janeiro e abril deste ano, a picape Hilux botou a Toyota no topo das mais vendidas, com 13.092 unidades, no primeiro quadrimestre de 2019 no Brasil. Entre as picapes médias, a Chevrolet anda bem também com a S10, com 8.247 unidades comercializadas, no período. A terceira posição ficou com a Volkswagen Amarok, com 6.173 unidades, no mercado nacional.

No ranking geral de picapes, a Fiat posiciona a Toro com 17.824 unidades de janeiro a abril deste ano. No entanto, a picape da marca italiana é bem menor em relação aos modelos médios, como Hiluix, S10 e Amarok.
Balanço vendas Picapes – janeiro/abril 2019
1. Fiat Toro – 17.824 unidades
2. Toyota Hilux – 13.092 unidades
3. Chevrolet S10 – 8.247 unidades
4. Volkswagen Amarok – 6.173 unidades
5. Ford Ranger – 5.978 unidades
6. Renault Oroch – 3.627 unidades
7. Mitsubishi L200 – 3.238 unidades
8. Nissan Frontier – 2.571 unidades
Fonte: Fenabrave

Veja também...

Veja mais
Carregar mais