Honda renova scooter SH 150i

Nas capitais brasileira, é cada vez maior o número de scooters. A Honda, marca líder no mercado nacional, apresentou a linha 2018 do scooter SH 150i. O modelo conta agora com a versão DLX

O segmento de scooters cresce no Brasil. Na Europa, modelos de pequeno porte são uma realidade no trânsito de cidades como Paris e Roma. Nas capitais brasileira, é cada vez maior o número de scooters. A Honda, marca líder no mercado nacional, apresentou a linha 2018 do scooter SH 150i.

O modelo conta agora com a versão DLX,  na cor Preto Perolizado e preço sugerido de R$ 12.950. Na versão ABS, a novidade fica por conta da nova cor Vermelho Perolizado, além da manutenção do Azul Perolizado com valor de R$ 12.450.
O SH 150i tem conjunto de lanternas e luzes traseiras e dianteiras em LED, Idling Stop, tecnologia que desliga o motor em marcha lenta por até 3 segundos, religando-o automaticamente quando acionado o acelerador. Há ainda a tomada de 12v, rodas de liga leve de 16 polegadas, Smart Key, além de sistema de freios ABS (antitravamento).

sh 150i

A inédita versão DLX tem assoalho plano dos pés que facilita o subir e descer da moto. A Honda valoriza a funcionalidade e oferece ainda espaço para carregamento de pequenos volumes. Sob o assento há espaço graças a um guarda-volume com capacidade para até um capacete fechado.

O modelo tem altura do assento (799mm). Na traseira, há apoios de pés retrateis que, quando não utilizados, se incorporam à estrutura das carenagens laterais, sem sobressaltos. As alças de apoio também apresentam design exclusivo e refinado, com possibilidade de fixação de bauleto traseiro central.
O motor permanece com o propulsor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft) de 149,3 cm³, 4 tempos, com injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e arrefecimento a liquido. A potência máxima é de 14,7 cv a 7.750 rpm e o torque máximo de 1,40 kgf.m a 6.250 rpm. A transmissão é automática do tipo CVT, que não exige trocas de marchas e facilita a pilotagem.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais