JAC J2 chega em novembro

A JAC trará a partir de novembro o compacto J2 para o mercado brasileiro. O hatch chinês herda mecânica do irmão maior J3, como o motor 1.4 16V, quatro cilindros, movido a gasolina, de 108 cavalos, e transmissão manual de cinco marchas. Pesando 145 quilos a menos em relação ao J3, o hatch J2 anda bem e será posicionado na faixa do novo Fiat Uno, Nissan March, Kia Picanto, Ford Ka, Chevrolet Celta e o Chery QQ

Charmosinho e de dimensões diminutas, o J2 é a nova aposta da JAC Motors no Brasil. Classiautos foi a Hefei, na China, andar no novo hatchback compacto da marca chinesa, que já agendou a chegada do J2 para logo de pois do Salão do Automóvel de São Paulo, no início do mês de novembro.
Usando componentes mecânicos do irmão J3, o novo veículo da JAC traz o mesmo motor 1.4 16V, quatro cilindros, movido a gasolina, de 108 cavalos, e transmissão manual de cinco marchas. Pesando 145 quilos a menos em relação ao J3, o hatch J2 anda bem e será uma opção entre os modelos pequenos, como o novo Fiat Uno, Nissan March, Kia Picanto, Ford Ka, Chevrolet Celta e o Chery QQ.
Na pista de provas da fábrica da JAC na China, o veículo foi testado e mostrou que terá argumentos de sobra para conquistar o consumidor por aqui. Mas há ajustes que devem ser feitos, especialmente na suspensão traseira, para deixar o veículo mais firme em curvas.

A fabricante trará inicialmente a versão com motor a gasolina e já promete equipá-lo com propulsor flex, seguindo o caminho do irmão J3 – que dispensará o tanque de gasolina para a partida a frio. Seu conjunto frontal é bem diferente em relação ao modelo com motor 1.0, de três cilindros, com 68 cavalos vendido na China. Por ter um propulsor 1.4, a fabricante teve que aumentar a tomada de ar frontal da versão brasuca, garantindo o “respiro” ideal pelo novo fluxo de ar para o motor bicombustível funcionar sem problemas.

O hatch J2 vem com um bom pacote de equipamentos de série, como direção hidráulica, ar-condicionado, som com MP3, air bag duplo, freios ABS com EBD, pneus 165/65R14 e trio elétrico. Seu painel é simples e em tom azulado. Além disso, o J2 nacional terá apelo visual para dar um ar mais esportivo. Ganhará cores mais vibrantes, fugindo do tradicional branco, preto, prata e cinza. A garantia de fábrica é de seis anos no País. Isso, na prática, faz uma grande diferença.

Matéria publicada no Jornal A TARDE

Veja também...

Veja mais
Carregar mais