JAC T40 CVT é opção dos SUV´s pequenos

Com vendas iniciadas em abril deste ano no Brasil, o novo JAC T40 CVT ganhou o fôlego que precisa para emplacar entre os SUV´s compactos no Brasil. Já é uma realidade: de cada 10 carros vendidos, pelo menos quatro são utilitários esportivos, dos grandes luxuosos, aos médios e de pequeno porte também. Integrante do time das marcas chinessas, a JAC Motors promete novos modelos, como o T50, e já está estacionando o T40 CVT em muitas garagens de consumidores pelo Brasil afora.

Roberto Nunes

De visual moderno e ocidentalizado, o JAC T40 CVT conquista também pelo pacote de equipamentos e pelo conjunto mecânico, com motor 1.6 16 válvulas de tecnologia DVVT (comando duplo variável na abertura e fechamento), e câmbio ao estilo CVT que simula seis marchas, sem o tão conhecido sistema de trocas sequenciais por meio de aletas atrás do volante.

O SUV compacto da marca chinesa tem estilo e quer seu espaço no meio dos rivais mais tradicionais, como o Renault Duster, Honda WR-V, Chevrolet Onix Activ e Hyundai HB20X, e os concorrentes diretos Lifan X60 e Caoa Chery Tiggo 2. Com preço posicionado na faixa dos R$ 70 mil, o JAC T40 CVT chega forte. Seu motor ainda não bebe etanol e gasolina e tem potência de 138 cavalos, abastecido com gasolina, e seu torque máximo é de 17,1 kgfm. Já está no planejamento a oferta de um motor 1.5 flex. Porém, propulsor 1.6 já rende bem no T40 CVT.

O carro tem alguns equipamentos para deixá-lo ainda mais atraente. De prima, sai na frente com a oferta do sistema Start/Stop, um ponto a mais para quem deseja uma maior redução no consumo de combustível, especialmente para quem anda muito nos engarrafamentos das grandes cidades. O motor é desligado em situações de engarrafamentos, por exemplo, e automaticamente volta a funcionar ao simples toque no acelerador.

O pacote de equipamentos do T40 CVT inclui controlador de velocidade, luzes de LED, controles de estabilidade e de tração, câmera frontal, assistente de partida em rampas e câmeras atrás e na frente. A direção é elétrica e a JAC oferece ainda entrada USB na parte traseira. O acabamento tem pontos fortes e críticos. No frigir dos ovos, está no mesmo nível dos carros produzidos no Brasil.

O T40 é um hatch com cara de SUV ou um SUV com cara de hatch? Eis uma questão: na prática, funciona como hatch e SUV e ainda tem bom espaço para transportar carga no porta-malas de 450 litros. A JAC Motors oferece um modelo com dimensões razoáveis para um compacto. São 4,14 metros de comprimento e 2,49 metros de entre-eixos. Sua largura é de 1,75 metro e sua altura é de 1,57 metro. No total, o carro pesa 1.220 kg.

No uso urbano, o T40 CVT se sai bem. É fácil de guiar e sua direção elétrica é extremamente leve e mais eficiente. As várias opções de porta-trecos no console central e nas portas são funcionais. Seu espaço é bom e é possível andar com três caronas no banco traseiro. O sistema multimídia tenta oferecer um pacote de conectividade, com android auto e apple car play. No entanto, o dispositivo ainda requer cuidados e uma atenção maior para o uso da tela sensível ao toque. Tem horas que funciona bem e tem horas que o sistema não atende ao simples toque na tela. Emparelhar o smartphone também vira uma novela, com capítulos de paciência e devaneios da tão almejada tecnologia embarcada nos carros.

O carro da JAC é valorizado pelo pacote de equipamentos. Isso sim é um diferencial para quem tem seis anos de garantia e inclui itens como sistemas de controle de tração e de estabilidade, bancos revestidos em couro e ar-condicionado com regulagem automática de temperatura. Há ainda faróis com DRL e regulagem elétrica de altura do facho, airbag duplo, freios ABS com EBD, assistente de frenagem de pânico, assistente de partida de rampa, além de controle eletrônico de tração e de estabilidade, sistema de monitoramento de pneus e assistente de partida de rampa.

O JAC T40 CVT foi emprestado para test drive pela JAC Motos

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais