Jaguar e Land Rover excluem Bahia do seu programa de carros elétricos

A Jaguar Land Rover, em pareceria com a rede de concessionárias no Brasil, irá lançar programa para instalação de pontos de recarga para carros elétricos e híbridos. Na primeira etapa, serão 24 carregadores divididos em 13 concessionárias, cada uma instalou dois pontos na sua cidade natal, nas regiões com maior presença de clientes do Jaguar I-PACE, modelo 100% elétrico da marca, e de modelos com motorização híbrida (PHEV), como o Range Rover e Range Rover Sport.

Em 2019, com a chegada do I-PACE ao Brasil e trazendo a proposta global da Jaguar Land Rover, o Destination Zero – zero emissão, zero acidente e zero congestionamento –, fizemos história no mercado nacional, identificando a necessidade de clientes e a demanda cada vez mais alta por eletrificação e sustentabilidade.

Agora em 2020, com a chegada dos modelos Range Rover com motorização híbrida e seguindo na segunda etapa desse projeto, criamos o Programa de Pontos de Recarga, para tornar o acesso mais fácil aos carregadores e aumentar a disponibilidade nas principais cidades do País. A rede estará disponível para todos os modelos elétricos e híbridos da marca, além de veículos que utilizam o mesmo tipo de conexão de carregamento, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.

O estado da Bahia, o maior mercado de carros das regiões Norte e Nordeste do Brasil, ficou de fora do programa de eletrificação dos carros do grupo Jaguar Land Rover.

Enquanto as duas fabricantes inglesas decidem por não investir no mercado baiano, marcas como a BMW e a Volvo aumentam a oferta de carros elétricos e Híbridos Plug-in na Bahia com investimento ainda na infraestrutura de eletropostos de abastecimento gratuito das baterias e a venda de estação caseira para carregamento de modelos com tecnologia elétrica ou híbrida Plug-in.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais