Kiddo rebate estudo das cadeirinhas infantis feito pela Proteste

O site Autos e Motos divulgou estudo realizado pela Proteste sobre a qualidade das cadeirinhas infantis no Brasil. A associação de consumidores, mais uma vez se uniu ao Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e Caribe, o Latin NCAP, para realizar o teste dos Sistemas de Retenção Infantil (SRI), conhecidos popularmente como cadeirinhas de carro para crianças. Nos resultados deste ano, foram encontrados bons produtos, que conseguem associar preços reduzidos a desempenhos iguais ou até melhores que os de seus concorrentes. No entanto, a maioria ainda falha na proteção infantil, propósito fundamental desse tipo de produto.

A Kiddo, uma das mais tradicionais fabricantes e importadora do setor de puericultura pesada nacional, debateu os estudos feitos pela Proteste e enviou a seguinte carta à imprensa.

“A propósito de notícias acerca do tema, veiculadas em alguns meios de
comunicação, no que se refere a dois de nossos produtos (DRC – dispositivo
de retenção de crianças), Lenox Cozycot (bebê conforto), mencionado como
o melhor de todos os submetidos ao tal teste e, a Kiddo Max Plus (poltrona
0+, I e II – DRC), recebemos as observações como contribuições à nossa
empresa e um estímulo na busca de melhorias constantes para a proteção
das crianças.
Nossos produtos estão testados e aprovados pelo sistema estabelecido pelo
Inmetro, com base na norma brasileira NBR 14.400, por laboratório
acreditado, e estão no mercado há mais de 7 anos. Não temos em nosso
SAC, registro de consumidores com queixas relativas à não conformidades
de segurança dos mesmos. Alguns dos testes citados não integram as
normativas brasileiras, o que pode induzir a conclusões impróprias, mas as
tomaremos como melhorias a serem introduzidas na norma acima.
Como integrantes da Comissão do CB 05 – ABNT, sob gestão do Sindipeças,
que trata o tema DRC, defenderemos debates técnicos com base nas várias
contribuições elencadas em ofício recebido, que também foi dirigido a outras
empresas e órgãos”.

Em respeito ao fabricante Kiddo, Autos e Motos publica acima o conteúdo em resposta ao estudo realizado pela Proteste, a  associação de consumidores.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais