Kwid muda conceito de hatch

Kwid muda conceito de hatch

138
0
COMPARTILHAR

Roberto Nunes, em São Paulo

Exageros à parte ao ser chamado de SUV, o novo Renault Kwid tem tudo para dar um banho no segmento de hatches compactos no Brasil. Com um porte maior em relação aos rivais Volkswagen up! e Fiat Mobi, o Kwid é a maior aposta para alavancar as vendas da marca francesa no mercado nacional.

Com preço a partir de R$ 29.990, o hatch compacto ganha a fama de carro com dimensões ousadas, com 2,423 metros na distância de entre-eixos e 3,68 metros de comprimento. Com isso, tem porta-malas de 290 litros e transporta motorista e mais três passageiros, sendo dois no banco traseiro com cinto de três pontos e enconto de cabeça.

Renault Kwid. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault

Outro ponto forte é o pacote de segurança do Kwid, que vem equipado com o motor 1.0, da família SCe (Smart Control eficcency) com 3 cilindross, 12 válvulas e 70 cavalos de potência, auxiliado pelo câmbio manual de cinco marchas. Segundo dados do fabricante, o Kwid feito no Paraná registrou consumo de 15,2 km/litro com gasolina e 10,5 km/litro com etanol, em trajeto misto (urbano/rodoviário)

A Renault oferece três versões de acabamento: Life, Zen e a topo da gama Intense, todas têm ângulos de entrada (24 graus) e de saída  (40 graus) generosos como também uma boa distância livre do solo (180 mm).

O Kwid incorpora a nova identidade global da Renault e foi desenvolvido pelas equipes de design da Índia, França e Brasil. De frente, o carrinho tem aspecto de carro robusto. para garantir o preço abaixo dos R$ 30 mil, a Renault apresentou soluções práticas. Seu painel de instrumentos é o bem simplório. Tem computador de bordo mas são dois mostradores com informações básicas.

Renault Kwid. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault

Sua versão de entrada Life dispensa a direção elétrica, mais eficiente para manobras e leve para o uso urbano, e o ar-condicionado, item essencial para as cidades mais quentes da região Nordeste do Brasil. De série, o Kwid vem com rodas de 14 polegadas, dois airbags frontais, dois airbags laterais, dois isofix, predisposição para o rádio e indicadores de troca de marcha no painel.

A partir da configuração intermediária Zen, o Kwid ganha os desejados ar-condicionado e direção elétrica. Na versão mais cara, o hatch sai por R$ 39.990 e inclui pacote de conectividade e itens como travas e vidros dianteiros elétricos, rádio com Bluetooth e entradas USB e AUX, retrovisores elétricos e faróis de neblina cromados. O sistema de multimídia Media NAV 2.0 vem com câmera de ré. O carro tem ainda abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável.

 

O Kwid é vendido nas versões Life, Zen e Intense, nas opções de cores Orange Ocre, Branco Marfim, Vermelho Fogo, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré.

 

Versões e equipamentos

Life R$ 29.990

Principais itens de série: rodas 14”, dois airbags laterais, dois airbags frontais, dois Isofix, predisposição para rádio e indicadores de troca de marcha e de condução.

 

Zen+rádio R$ 35.390

Principais itens de série: direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, rádio com Bluetooth e entradas USB e AUX

Renault Kwid. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault

Intense + Pack Connect R$ 39.990

Principais itens de série: retrovisores elétricos, faróis de neblina cromados, Media NAV 2.0 com câmera de ré, abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável. Além de diferentes detalhes de acabamento externo e interno.

 

O jornalista viajou a convite da Renault do Brasil

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA