Leclerc brilha na Ferrari; Hamilton vence no Bahrein

Por Pedro Marchesini (colaborador)

A segunda prova do mundial de Formula 1 ocorreu na região do deserto, no circuito do Bahrein. São 6.299 metros em cada uma das 57 voltas, totalizando um total percorrido de 359,043 Km. Este foi o grande prêmio de número 999 na historia da formula 1. O 1.000º GP da F1 será realizado na China no mês abril.

Quem assistiu os treinos livres e a corrida verificou o potencial de Charles Leclerc, um garoto de 21 anos que integrou a Ferrari Driver Academy em 2016. Leclerc ganhou o campeonato da GP3 Series no mesmo ano, e com seu talento foi o campeão da Fórmula 2 em 2017, categoria de acesso à Formula 1. Leclerc em 2018 passou a integrar a equipe Sauber, onde no seu primeiro ano de Formula 1 conquistou os primeiros pontos na categoria, chegando em 6º lugar no GP do Azerbaijão.

Leclerc teve uma atuação impecável em todo o final de semana no GP do Bahrein. Foi bem em todos os treinos livres e marcou a pole-position com direito a recorde da pista. Seu companheiro de equipe Sebastian Vettel ficou na segunda posição do grid de largada, fazendo uma dobradinha da equipe Ferrari, tendo os carros da Mercedes-AMGF1 na terceira e quarta posição.

Charles Leclerc é o piloto mais jovem na historia da Ferrari a fazer a pole-position e o segundo mais jovem na historia da Formula 1, ficando atrás do tetracampeão Sebastian Vettel, que fez a pole-position no GP da Itália em 2008 na equipe Toro Rosso. Na corrida, Leclerc teve uma atuação brilhante. Partiu na pole, mas perdeu duas posições na largada, uma para seu companheiro de equipe e a outra para piloto da Mercedes, Valtteri Bottas.

Logo se recuperou de uma largada ruim e partiu para ultrapassar Bottas e, em seguida, superou o companheiro de equipe Sebastian Vettel. Mostrou personalidade, e andou com um carro bem acertado para a corrida; tratou de impor seu ritmo e, assim, construiu uma ótima vantagem que lhe permitia administra até o final.

Que azar. Charles Leclerc viu sua vitória escapar, faltando 12 voltas para o final do GP do Bahrein. Uma falha no sistema de recuperação de energia do motor da Ferrari fez o carro perder rendimento, cerca de 150HP a menos no motor. Com esse problema, Leclerc perdeu as duas primeiras posições para os pilotos da equipe Mercedes, Hamilton e Bottas, e ainda assim  conseguiu manter a 3º posição no geral. A terceira posição de Leclerc foi mantida e não superada por Max Verstappen, piloto da Red Bull, graças a uma bandeira amarela, que foi dada em todo o circuito por motivo da quebra dos carros da equipe Renault, dos pilotos Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg. Quando ocorre uma bandeira amarela, os carros não podem realizar ultrapassagem e devem se manter na mesma posição, até a suspensão da bandeira amarela. No caso do Bahrein, faltavam poucas voltas para o final da corrida, e  a organização da prova não teve tempo para a retirada dos carros da Renault, e decidiu pela término da corrida.

O ritmo de corrida de Charles Leclerc foi excelente. Ele marcou a melhor volta da corrida. Assim, além dos 15 pontos da terceira posição, levou o ponto extra da melhor volta. Lewis Hamilton, que teve um começo de prova ruim, se beneficiou com a falha do motor da Ferrari e terminou em primeiro lugar na prova do Bahrein, com o companheiro de equipe, Valtteri Bottas, em segundo, fazendo uma dobradinha da equipe Mercedes.

Formula 1 GP do Bahrein, Sakhir, Final.
1º L Hamilton Mercedes 57 voltas
2º V Bottas Mercedes + 2.980
3º C Leclerc Ferrari + 6.131
4º M Verstappen Red Bull Honda + 6.408
5º S Vettel Ferrari +36.068
6º L Norris McLaren Renault +45.754

7º K Raikkonen Alfa Romeo Ferrari +47.470
8º P Gasly Red Bull Honda +58.094
9º A Albon Toro Rosso Honda +1.02.697
10º S Perez Racing Pont Mercedes +1.03.696
11º A Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari +1.04.599
12º D Kvyat Toro Rosso Honda +1 volta
13º K Magnussen Haas Ferrari +1 volta
14º L Stroll Racing Pont Mercedes +1 volta
15º G Russell Williams Mercedes +1 volta
16º R Kubica Williams Mercedes +2 voltas
17º N Hulkenberg Renault NC
18º D Ricciardo Renault NC
19º C Sainz JR McLaren Renault NC
20º R Grosjean Haas Ferrari NC

Posição no mundial de pilotos:
Piloto Equipe Vitoria Pontos
1º Valtteri Bottas Mercedes 1 44
2º Lewis Hamilton Mercedes 1 43
3º Max Verstappen Red Bull Honda 0 27
4º Charles Leclerc Ferrari 0 26
5º Sebastian Vettel Ferrari 0 22
6º Kimi Raikkonen Alfa Romeo 0 10
7º Lando Norris McLaren 0 8
8º Kevin Magnussen Haas 0 8
9º Nico Hulkenberg Renault 0 6
10º Pierre Gasly Red Bull 0 4
11º Alexander Albon Torro Rosso 0 2
12º Lance Stroll Racing Point 0 1
13º Sergio Pérez Racing Point 0 1
14º Daniil Kvyat Toro Rosso 0 1

Posição Mundial de Construtores:
Equipe Pontos
1º Mercedes 87
2º Ferrari 48
3º Red Bull 31
4º Alfa Romeo 10
5º Haas 8

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais