MB inicia venda do novo GLE Coupé de 7 lugares e versão inédita AMG 53

A Mercedes-Benz começa a vender no Brasil a nova geração do GLE Coupé. O SUV premium agora vem com 7 lugares, novo motor turbodiesel, de 330 cv, e a estreia da versão ainda mais nervosa AMG 53, que eleva a potência para 435 cavalos. O modelo ganhou destaque no site Trovão Motor e custa R$ 465,9 mil na configuração 400 d 4Matic e sobe para R$ 544,9 mil na opção esportiva AMG 53 4Matic Plus.

O GLE é o primeiro da categoria a oferecer no Brasil ajuste elétrico nos bancos da segunda fileira. E também inaugura a motorização 53 na linha de SUVs da marca alemã. O novo propulsor 2.9 turbodiesel, de seis cilindros em linha, rende 330 cv e 71,4 kgfm de torque, enquanto que o 3.0 biturbo a gasolina do AMG entrega 435 cv e 53,2 kgfm. Este último conta ainda com a tecnologia EQ Boost, sistema híbrido leve que adiciona um motor elétrico para auxiliar a usina a combustão nas arrancadas e acelerações, melhorando a eficiência e a potência. São 22 cv e 25,3 kgfm de torque extras ao esportivo. O câmbio para ambos é o automático convencional de nove marchas e tração integral.

Segundo a Mercedes, a opção de entrada de zero a 100 km/h em 5,7 segundos e alcança 245 km/h de máxima. Ja a mais bruta cumpre em 5,3 segundos e atinge 250 km/h. O GLE está maior em relação à geração anterior. O SUV cupê grandalhão cresceu 3,9 cm maior no comprimento (4,94 m) e 2 cm no entre-eixos (2,93 m). O porta-malas também aumentou em cinco litros, passando para 655 litros. Com o rebatimento dos bancos traseiros, o compartimento alcança 1.790 litros.

O visual do GLE Coupé é bem parecida à linha convencional. Só que o para-choque dianteiro exibe entradas de ar maiores, há mais detalhes cromados e faróis em led agora são de série. Na traseira, a diferença é mais nítida. As lanternas foram redesenhadas e foi adicionado um aerofólio embutido na tampa do porta-malas. A AMG 53 acrescenta rodas pretas, faróis de máscara negra e um desenho de grade Panamericana, com aletas na vertical. A versão possui ainda suspensão a ar com controle dinâmico de chassi. Isto é, ela se adapta a ação do veículo, baixando 1 cm a altura em relação ao solo à medida que a velocidade sobe até 5,5 cm ao passar por rampas ou terrenos irregulares.

O modelo mais nervoso oferece também cinco modos para tornar a condução ainda mais esportiva. O interior do GLE Coupé traz duas telas grandes (12,3″) integradas de alta definição, ligando o painel de instrumentos e a central multimídia. O AMG 53 incorpora detalhes e acabamentos em vermelho, bancos esportivos e volante de base reta. O modelo vem com a última geração do sistema de entretenimento MBUX (Mercedes-Benz User Experience). O usuário consegue acionar diversas funções do carro por meio do reconhecimento de voz ou de gestos – desde o ajuste da temperatura do ar-condicionado até a checagem do consumo médio de combustível.

Já o sistema de navegação agora traz mapas com realidade ampliada durante a navegação. Uma câmera posicionada na frente interpreta as direções indicadas e orienta o motorista a partir da imagem captada nas ruas e projetada na tela do veículo. O pacote de itens de série inclui ainda head-up display, câmera 360°, chave presencial, assistente de saída do carro (identifica a aproximação de veículos ou bicicleta na região das portas e avisa os ocupantes), abertura do porta-malas por movimento dos pés, sistema de som com 13 alto-falantes e 590 watts de potência, entre outros.

 

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais