Novo GLA ganha mudanças visuais

Novo GLA ganha mudanças visuais

142
0
COMPARTILHAR

Roberto Nunes, praia do Cambucy (São Paulo)

O crossover GLA está com visual remoçado e pacote mais generoso de equipamentos no Brasil. Produzido em Iracemápolis (SP), o modelo da Mercedes-Benz representa um terço das vendas da marca no mercado nacional. Não é à toa que o GLA caiu no gosto do brasileiro. Agora, o novo GLA incorpora mudanças na parte frontal, com grade e para-choques remodelados, faróis com iluminação em LEDs e capô com fortes vincos para garantir um ar mais robusto e esportivo.

Irmão de plataforma do Classe C e GLC, o crossover da marca alemã chega nas versões 200 Style, 200 Advance e 200 Enduro, todas equipadas com o motor 1.6 turbo, de 156 cavalos e injeção direta de combustível, auxiliado pelo câmbio automático de dupla embreagem e sete velocidades.

GLA 2

Além destas configurações, o carro será ofertado ainda na versão importada Sport, com propulsor maior 2.0, de 211 cavalos. Haverá também o Mercedes-AMG GLA 45 4MATIC, com motor 4 cilindros, de 381 cv, e câmbio AMG Speedshift DCT de 7 velocidades. Para o carro feito no Brasil, a Mercedes-Benz cobra R$ 159.900, R$ 175.900 e R$ 203.900, respectivamente.

Na prática, não houve mudanças mais radicais na mecânica. No entanto, o carro ganhou, sim, leves alterações no visual e, principalmente, na parte interna no acabamento e nos bancos. No meio da grade frontal, destaca-se a grande estrela da MB. Sua configuração de entrada traz rodas maiores de liga leve de 18 polegadas, com desenho já exclusivo, inédita câmera de ré, bancos com tecidos diferenciados, partida sem chave por botão no console central e acabamento em preto no painel de instrumentos.

Acabamento diferenciado nas versões vendidas no mercado brasileiro
Acabamento diferenciado nas versões vendidas no mercado brasileiro

Os faróis bi-xenônio foram substituídos por faróis de LED redesenhados a partir da versão Advance. AUTOS E MOTOS andou nesta terça-feira no GLA Advance e traz, em primeira mão e com exclusividade, as impressões do test drive do novo GLA realizado entre a cidade de São Paulo e a região da praia do Cambucy, no litoral norte paulista.

Não é à toa que a estrela da Mercedes-Benz brilha por onde passa. O GLA Advance tem uma central multimídia com tela de oito polegadas (não é sensível ao toque), novos comandos por teclas localizados no painel de instrumentos para acionar os modos de condução do carro, faróis de full-led, bancos com costura diferenciada, acionamento elétrico para o banco do motorista (os controles das teclas para os ajustes dos bancos ficam na porta) e painel de instrumentos com acabamento em aço escovado e alumínio. O tecido dos bancos pode ser em preto ou cinza.

Segurança e bem equipado

Como todo Mercedes-Benz, o GLA é um veículo seguro e de pacote bem generoso de itens. O crossover tem de série função ECO Start/Stop, que desliga o motor quando o veículo para em sinaleiras ou em situação de engarrafamentos, por exemplo. Assim garante redução de emissões de poluentes como também diminuição no consumo de combustível.

IMG_1880

O carro testado tem também a suspensão Off-road Comfort e aumento de 30 milímetros na altura livre do solo. Ganhou reforços no eixo dianteiro McPherson e na suspensão traseira com braços múltiplos: três braços de controle e um de arrasto por roda administram as forças sobre a suspensão. O GLA tem pegada e segura bem nas curvas, graças a direção eletromecânica e sistemas de assistência, como o de controle de estabilidade e de tração. Os dispositivos funcionam com base no Curve Dynamic Assist, que age para garantir a dirigibilidade em curvas por meio de leves frenagens nas rodas de dentro da curva.

Além disso, a Mercedes-Benz reforçou a carroceria do GLA, que ficou mais rígida. Foram reforçados itens na coluna B, nos suportes dos amortecedores dianteiros, elementos laterais e no assoalho. O novo GLA tem ainda sistema de freios ABS, função Hold (imobiliza o carro em paradas temporárias) e sistema HSA (Hill Start Assistance – assistência de partida em aclives). De série, a MB instalou sistemas ETS (controle de tração eletrônico em cada roda) e de pré-carregamento dos freios (PRIMING), que prepara o sistema para frenagens extremas e secagem automática dos discos de freios em caso de chuva.

O GLA topo da gama é o Enduro e ganha itens como bancos em couro, painel com tratamento mais caprichado e material Ártico, bancos em duas tonalidades e rodas especiais de aro 18″. Há 7 airbags – 2 airbags dianteiros para motorista e passageiro, 2 laterais para motorista e passageiro, 2 de janela para motorista e passageiro (dianteiro e traseiro) e 1 airbag de joelho para motorista. O teto solar elétrico panorâmico e os faróis de neblina são equipamentos de série.

A linha 2017 do novo GLA conta ainda com as versões Sport, com propulsor maior 2.0, de 211 cavalos, e AMG GLA 45 4MATIC, com motor 4 cilindros, de 381 cavalos, e câmbio AMG Speedshift DCT de 7 velocidades. Seus preços são R$ 232.900 e R$ 359.900, respectivamente, no Brasil.

Versões e preços:

Style – R$ 158.900

Advance – R$ 175.900

Enduro – R$ 203.900

Sport – R$ 232.900

AMG GLA 45 4MATIC – R$ 359.900

O jornalista viajou a convite da Mercedes-Benz do Brasil 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMultistrada 1200 S com nova cor
Próximo artigoSaveiro supera Strada em julho
O site AUTOS&MOTOS reúne a opinião e a produção de textos do jornalista automotivo Roberto Nunes. Mande suas sugestões e críticas para o e-mail mr.robertonunes@autosemotos.com Acompanhe as redes sociais pelo instagram - @autosemotostv ou @ nunes_roberto - e pelo twitter - @autosemotostv e @nunesautobrasil. Siga a fanpage do Autos&Motos no facebook. Inscreve-ase no canal do YouTube www.youtube.com/autosemotostv

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA