Onda de carros Made in China

O boletim Autos e Motos TV destaca a valorização dos carros chineses no mercado brasileiro. Com visual ocidentalizado e  pacotes ainda mais generosos de equipamentos de série, os veículos da Lifan, Caoa Chery e JAC Motors mostram que são boas opções de compra, principalmente no segmento de SUV´s, o mais concorrido no país.

A JAC Motors desistou de sua fábrica na Bahia, mas não desistiu de seus planos no Brasil. Oferece o SUV compacto T40 com câmbio CVT, visual moderno e pacote completo de itens como multimídia com possibilidade de espelhamento do smartphone. Até o fim de 2018, a JAC Motors quer vender pelo menos 600 unidades do T40 CVT, com valor de R$ 69.990 – valor R$ 10 mil a mais em relação ao modelo com câmbio manual já comercializado no Brasil.
Já o Caoa Chery Tiggo 2 segue a mesma linha do JAC T40. Tem motor é 1.5 flex, de 110 cavalos abastecido com gasolina e 115 cv com etanol. Seu torque máximo é de 14,9 kgfm e o câmbio é manual de cinco marchas.  Produzido em Jacareí, o modelo da Caoa Chery surge em duas versões com visual moderno (Look e ACT) e preço justo e muito atraente (R$ 59.990 e R$ 66.490, respectivamente).
Chinesa com carros montados no Uruguai, a Lifan iniciou uma nova fase no Brasil. Depois do sucesso do SUV compacto X60, a fabricante chinesa mira agora os consumidores do segmento premium com o SUV Full Size X80. O modelo é o primeiro carro chinês com preço acima dos R$ 100 mil. O SUV X80 é um carro de sete lugares e vem equipado com motor 2.0 turbinado, com sistema de injeção direta e intercooler, movido a gasolina, para gerar bons 184 cavalos de potência e torque máximo de 28, 6 kgfm. Tem câmbio automático de seis velocidades com modo esportivo e opção de trocas manuais na alavanca, direção elétrica e motor com tecnologia Euro5. A tração é dianteira.
Confira o programa Autos e Motos TV:

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais