Pedidos pelo Nano superam 1 milhão

Atualmente, ele é produzido em Pantnagar, no norte da Índia, onde a capacidade de produção é de 50 mil unidad
Atualmente, o Nano é produzido em Pantnagar, no norte da Índia

O que esportivos de marcas famosas como Ferrari e Aston Martin tem em comum com o singelo Tata Nano, considerado o carro mais barato do mundo? Se você pensou na longa fila de espera, acertou. Apesar de vir equipado com um motor de 624 cm³ e capaz de entregar apenas 35 cavalos de potência, o Nano superou no último domingo (25) a marca de 1 milhão de pedidos de encomenda, o que pode fazer com que a espera pelo veículo ultrapasse 15 meses, mesmo período que os clientes da Bugatti tiveram de enfrentar pelo superesportivo Veyron, em 2006, logo após o lançamento do modelo no mercado.

A demora pelo Nano é justificada pelo volume de produção do veículo. Atualmente, ele é produzido em Pantnagar, no norte da Índia, onde a capacidade de produção é de 50 mil unidades. A Tata está construindo uma fábrica maior em Sanand, também no norte do país, e que deve ser concluída em dezembro. As atividades no local devem começar nos primeiros meses de 2010, elevando o volume de produção do Nano para 350 mil unidades, podendo atingir 500 mil veículos, em capacidade plena.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais