Retro 2018: chineses com tecnologia e visual

O boletim Autos e Motos TV destaca a segunda onda dos carros chineses no Brasil. Depois da grande desconfiança em cima dos modelos da China, agora o consumidor já percebe a evolução dos carros das marcas Lifan, JAC Motors e da Caoa Chery. A Lifan, por exemplo, foi a primeira fabricante chinesa a lançar um veículo com valor acima dos R$ 100 mil. O SUV grande X80 reúne tecnologia embarcada, motor turbinado, pacote amplo de equipamentos e visual ao estilo ocidental.

Com vendas iniciadas em abril do ano passado no Brasil, o novo JAC T40 CVT ganhou o fôlego que precisa para emplacar entre os SUV´s compactos. Já é uma realidade: de cada 10 carros vendidos, pelo menos quatro são utilitários esportivos, dos grandes luxuosos, aos médios e de pequeno porte também. O T40 conquista também pelo pacote de equipamentos e pelo conjunto mecânico, com motor 1.6 16 válvulas de tecnologia DVVT (comando duplo variável na abertura e fechamento), e câmbio ao estilo CVT que simula seis marchas, sem o tão conhecido sistema de trocas sequenciais por meio de aletas atrás do volante.

Já a Caoa Chery, marca da fusão entre os chineses e o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, apresentou o sedã Arrizo e o SUV Tiggo 5x. O modelo vem equipado com motor 1.5 turbo flex, de 150 cavalos de potência, e câmbio CVT, o mesmo conjunto mecânico do sedã Arrizo 5 que chega nas versões RX (R$ 65.990) e RXT (R$ 72.990). O novo Tiggo 5x terá as versões T (R$ 86.990) e TXS (R$ 96.990). Arrizo e Tiggo 5 já podem ser comprados em toda rede Caoa Chery no Brasil.

Veja o programa Autos e Motos TV:

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais