S10 completa 25 anos no Brasil; Chevrolet apresenta imagem da grade da nova S10

A picape S10 tem uma longa trajetória e completa exatos 25 anos em solo brasileiro. Ao longo deste período, o modelo da Chevrolet enfrentou rivais de peso, como a Hilux, Ranger, L200, Frontier e Amarok. Por sinal, a marca da gravata dourada soltou um teaser com os primeiros detalhes da nova S10 – que deve ser lançada ainda este ano no Brasil. Surgem assim a nova grade estilo golmeia, nome Chevrolet na parte baixa do capô e novo conjunto ótico em LED.

 

O modelo atual tem preço entre R$ 135.490 e R$ 213.290. As versões chassi e cabine simples têm capacidade de carga de até 1.200 kg e sempre vêm com o motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 mkgf. O câmbio é sempre o manual de seis marchas e tração 4×4 com acionamento eletrônico. Mas há ainda o motor 2.5 flexível com até 206 cv e 27,3 mkgf com etanol. Tem câmbio manual ou automático de seis marchas. A tração pode ser 4×2 traseira ou 4×4, dependendo da versão.

A S10 é a picape brasileira com a maior variação de versões e a primeira a comemorar o feito de 1 milhão de unidades produzidas no país. Dessas, 750 mil unidades foram comercializadas no mercado local – isto faz da S10 a única picape do segmento a alcançar o expressivo volume. As 250 mil unidades restantes foram destinadas à exportação.

Produzida no tradicional complexo industrial da GM em São Jose dos Campos (SP), a S10 é uma picape roceira e também para uso bem urbano.

“A longa tradição da Chevrolet em picapes é um diferencial competitivo para a S10, que possui consumidores altamente satisfeitos e cada vez mais fieis. Reflexo do que a picape entrega, sempre com muita qualidade e confiabilidade. Além disso, o cliente pode contar com uma ampla rede de concessionários para suporte. Tudo isso é altamente relevante para quem utiliza o veículo como ferramenta de trabalho”, destaca Hermann Mahnke, diretor de Marketing da GM América do Sul.

Hoje a S10 é ofertada em três opções de carroceria (cabine dupla, cabine simples e chassis cab), cinco níveis de acabamento (LS, Advantage, LT, LTZ e High Country), duas opções de motorização (2.5 Flex e 2.8 Turbo Diesel), assim como duas opções de transmissão (MT6 e AT6) e tração (4×2 e 4×4). Ao todo são 12 configurações, para atender os mais variados tipos de negócio, seja no campo ou na cidade.

A Chevrolet inovou e trouxe também a modernidade e maior segurança para o segmento de picapes médias no Brasil. Equipamentos exclusivos como o sistema de telemática OnStar e o CPA (Centrifugal Pendulum Absorber) deixaram o modelo conectado ao mundo digital. Além disso, deixou a picape S10 com menores níveis de ruído e de vibração.

Derivada do modelo norte-americano, a S10 brasileira chegou em 1995 no Brasil. A primeira picape média produzida no país estreou com um conjunto surpreendente para a época: cabine simples, motor 2.2 EFI de 106 cv, transmissão manual de cinco marchas e opção de freios ABS nas rodas traseiras. Outra novidade que a S10 trouxe para o segmento foram as variações de carroceria e de motorização.

A evolução é notada não apenas no visual como também no que a picape oferece. Outro ineditismo foi a tração 4×4 disponível para todas as versões. A tecnologia bicombustível também ganhou destaque e a S10 acompanhou este fenômeno para o modelo 2007. O motor 2.4 FlexPower entregava até 147 cv e fez as vendas dispararem. Assim, no ano seguinte, a picape batia mais um recorde de vendas.

A S10 entrou mais na roça com a versão High Country. Chegou com faróis em cromo escurecido com projetor, aplique no para-choque dianteiro, estribos laterais, rodas aro 18 com superfície usinada, frisos cromados na base dos vidros das portas além de um robusto santo Antonio, especialmente projetado para integrar à caçamba. A peça acompanha uma inédita capota marítima. A picape adiciona ainda mais três versões de acabamento: Advantage, Freeride e Chassis Cab, pronta para customizações.

A S10 ganha em 2016 mais uma importante atualização. As linhas mais refinadas da nova dianteira e das rodas são acompanhadas por uma série de novos equipamentos tecnológicos, como alerta de colisão e de saída involuntária de faixa, faróis com LED, acionamento do motor por controle remoto, OnStar e multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay. Em 2018 desembarcava no Brasil a “grife” Midnight, com carroceria e acabamentos todos escurecidos. A S10 fez a estreia da versão que depois viria a se estender a outros modelos da marca.

A picape vem equipada atualmente com o sistema de controle eletrônico de estabilidade e de tração também para as versões de entrada, enquanto a topo de linha ganha airbags laterais e de cortina em adição ao duplo frontal.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais