S3, um torpedinho de luxo

O S3 é a versão apimentado do sedã compacto A3, da alemã Audi. A fabricante incorpora mudanças visuais e o motor 2.0 turbinado FSi, de 280 cv, acoplado ao câmbio Stronic de seis velocidades e dupla embreagem

Audis s3

 

O A3 Sedan já é um veículo animador. Na roupagem S3 transmite ainda mais alegrias para quem está sentado no banco em frente ao volante. De fato, a fabricante alemã Audi leva bem a sério a briga entre as compatriotas BMW e Mercedes-Benz. Não restam dúvidas de que todas procuram oferecer seus modelos de rua e suas derivações com pacote visual diferenciado e mecânica de alta performance.

A marca das quatro argolas tem um portfólio vasto de veículos e inclui também seus carros de entrada na linhagem dos esportivos, a exemplo do compacto A3.

Lançado este ano no Brasil e com produção garantida a partir do segundo semestre de 2015 no Paraná, o A3 Sedan transforma-se em um “esportivo de rua” na configuração S3. Com linhas mais arrojadas de teto com caimento bem acentuado a partir da coluna B até a traseira, o S3 incorpora um conjunto motriz exclusivo.

Sob o capô esconde um propulsor 2.0 turbinado FSi, com injeção direta de gasolina, para gerar 280 cavalos (5.550 a 6.200 rpm) e torque máximo de 380 Nm (entre 1.800 e 5 mil giros). Na versão tradicional, a transmissão é a Stronic de sete velocidades. No venenoso S3 Sedan, a caixa automática Stronic tem um step a menos, ficando com seis velocidades e sistema de duas embreagens.

De acordo com Lothar Werninghaus, consultor técnico da Audi, o componente original do A3 Sedan não suportaria as trocas mais curtas, rápidas e precisas da potência e do torque do turbo.

Para deixar o carro nas mãos, há ainda a opção de trocas também pelas aletas localizadas atrás do volante de boa empunhadura e que gruda nas duas mãos do motorista. Como um esportivo, alguns elementos valorizam essas característivas. O S3 é ligado com chave no contato – nada de botão no console – e a mecânica é auxiliada pela tração integral quattro e a suspensão calibrada no chão – são 2,5 cm a menos em relação ao A3 Sedan –, provancando raspadas constantes em quebra-molas ou em vias com terrenos acidentados. Na pista lisa, o novo Audi S3 anda como poucos.

 

s3 interior

Audi compensa com tecnologia e mais conforto para todos

 

Com preço de R$ 209 mil na Bahia, o Audi S3 Sedan é um torpedinho. E não ache que o termo tem tom pejorativo. Se comparado aos seus rivais CLA 45 AMG 2.0 turbo, de 360 cv, e BMW M135i (3.0 biturbo, de 320 cv), o modelo da Audi perde em números. Mas, repara a baixa potência com pacotaço de conforto, tecnologia com conectividade e mecânica acertada.

No Salão de Paris 2014, a marca alemã apresentou o novo S3 com potência de 300 cavalos e torque de 38,7 kgfm. No Brasil, o modelo usa o pacote dos Estados Unidos – que paga impostos maiores para carros com potências elevadas.

Mas, o S3 atual não faz feio frente aos rivais. Seus para-choques são mais sobres salentes e as rodas de liga leve 18 polegadas de cinco raios duplos têm pneus com perfil esportivo 225/40. Na traseira, há saída dupla nos dois escapamentos.

O S3 conta com cinco modos de condução: comfort, auto, dynamic, efficiency e individual, o mais interessante para curtir os rampantes do S3. A Audi oferece novos retoques em couro nappa escuro, teto solar panorâmico, ar-condicionado de duas zonas e saídas até para quem está no banco traseiro, faróis em xênon e navegação com tela sensível ao toque.

Se é performance, a Audi oferece. Se são itens de tecnologia e conforto, nada melhor do que um carro alemão. Por ser um sedã de quatro portas, o S3 transporta quatro ou cinco pessoas sem problema. Em relação ao A3 Sedan, o espaço do porta-malas é apenas 35 litros menor, garantindo as bagagens nos seus razoáveis 390 litros.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais