Up! no Uno

A briga dos hatches de entrada esquentou no mercado brasileiro. A Volks tem o up! com motor 1.0 flex de três cilindros. Já a Fiat renovou o Uno com inédito sistema star stop

image

A disputa pelo trono dos hatches de entrada ainda terá alguns capítulos para o Gol, da Volkswagen. Mas a fabricante alemã não quer perder seu espaço tão facilmente assim. Para isso, lançou o hatch compacto up! no começo deste ano com o tão desejado motor 1.0, de três cilindros, e de visual, no mínimo, inusitado.

Primeiro veículo com motor 1.0 de três cilindros produzido totalmente no Brasil, o up! ainda não decolou no gosto dos brasileiros. Agora, enfrenta o Fiat Uno 2015 com o inédito start/stop (sistema que desliga e liga o motor em situação de engarrafamentos, por exemplo) ofertado em um hatch de entrada no país.

Classiautos emparelhou o up! (versão White) e o Uno (modelo Evolution), o substituto do Uno Economy, em um comparativo para mostrar as qualidades de cada veículo.
Custando R$ 34.990, o Uno Evolution 1.4 Evo Flex 8V (com câmbio manual de cinco marchas e sem a opção do Dualogic) é o recém-chegado no “pedaço”. Para mostrar sua força, a Fiat equipou o hatch com direção hidráulica, freios ABS, air bag duplo, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros e travas elétricas, além de um novo display digital em TFT no painel de instrumentos, volante com regulagem de altura e rádio CD com MP3-Player e USB.

uno_evolution_021

Já a Volks apostou suas fichas – quase todas – no jogo de cintura do motor 1.0 de três cilindros (há a opção automatizada i-Motion) e no visual divertido e personalizável do up!. A versão White sai por R$ 39.390 e já vem com os obrigatórios air bag duplo e freios ABS com EBD, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e fixação de cadeirinha para crianças com Isofix. Tem ainda direção elétrica e ar-condicionado.

white-up-12

Nenhum dos dois carros entra na seara dos veículos tecnológicos. São práticos, funcionais para o uso urbano, bem equipados e de parco espaço para levar confortavelmente quatro passageiros e o motorista. Para andar bem, é melhor com quatro pessoas. Assim, ambos os hatches sobram na cidade como também em viagens de curto trajeto.

Na medição do computador de bordo, o Uno Evolution ficou, na média, dos 12 km/litro. Já o up! funciona na faixa dos 16 km/litro.

Compactos, o Uno e o up! levam 290 litros e 285 l, respectivamente.

Up! x Uno

Motorzinho do Up!

Volkswagen-White-Up-Brasil-2014

O up! tem um motor 1.0 flex, de três cilindros e com tecnologia MPI (de injeção multiponto), para gerar razoáveis 82 cavalos de potência (etanol). Na prática, o hatch da Volks anda muito bem e registra um baixo consumo de combustível, chegando a fazer 16 km/litro em situação urbana. Esta é a resposta mais direta para quem faz a pergunta de consumo do carro. A VW tem um hatch com projeto moderno, nota A em colisão e reparabilidade e cheio de itens e opcionais, como computador de bordo, direção elétrica, GPS e câmera e sensor de ré.

Paradinha do Uno

novo-uno-evolution-2015-01

O Uno 2015 ganhou a versão Evolution 1.4 Evo Flex 8V, de 88 cavalos (etanol), com o inédito start/stop, sistema que vai assustar os motoristas na hora da paradinha do motor em situação de engarrafamentos. Conhecido em carros mais caros, o start/stop desliga e liga o motor do Uno nas paradas. Vem acoplado ao popular câmbio manual de cinco marchas para transformar o Uno. Seu motor desliga mas os sistemas (ar-condicionado, som e parte elétrica) continuam funcionando. Houve melhorias no acabamento e nos números de consumo.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais