Vendas devem crescer 5% em 2011

O Gol ainda é o veículo mais vendido no Brasil. Balanço da indústria mostrou que o compacto da Volkswagen emplacou 145.253 unidades contra as 133.394 do novo Uno. Neste primeiro semestre, foram emplacadas 1,73 milhão de veículos, crescimento de 10% em relação a igual período de 2010

O primeiro semestre de 2011 foi de recorde na indústria automobilística brasileira, com 1,73 milhão de veículos vendidos, crescimento de 10% em relação a igual período de 2010. Segundo balanço da Fenabrave, o Volkswagen Gol é o carro que mais vendeu, com 145.253 emplacamentos entre os meses de janeiro e junho deste ano no Brasil. Somente em junho, foram 27.428 unidades do Gol. Este ano, o compacto da VW ganhou um rival à altura: O novo Uno conseguiu emplacar 25.432 unidades em junho, acumulando 133.394 unidades neste primeiro semestre de 2011.

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), projeta-se um crescimento de 5% para este ano na indústria automobilística do Brasil. “Esse crescimento foi sustentado pelas vendas dos importados, que avançaram 38%, enquanto os nacionais avançaram 3,9%. Não vamos deixar de crescer, e com muita cautela, alcançaremos mais 5% até o final deste ano”, adiantou Cledorvino Belini, presidente da Anfavea, ao anunciar o balanço semestral da entidade em São Paulo.

Só em junho, foram vendidos 304,3 mil veículos, uma alta de 15,8% na comparação anual. Na comparação com maio, no entanto, houve baixa de 4,5% nas vendas. A expectativa da Anfavea é de que as vendas de veículos zero quilômetro neste ano chegue a 3,69 milhões, ultrapassando o recorde de 2010, quando foram vendidas 3,52 milhões de unidades.

Picapes

A picape S10 está imbatível no Brasil. No primeiro semestre de 2011, a Chevrolet conseguiu emplacar 19.876 unidades da S10, desbancando modelos com visual e mecânica mais modernas, como a Toyota Hilux (14.495), Mitsubishi L200 (10.385), Ford ranger (6.6619), no segmento das picapes médias.
Somente no mês de junho, foram 4.044 unidades da S10 em todo o Brasil. Os números dão uma participação de 38,4% no segmento, com crescimento de 16,1% comparado com o mês de maio, quando 3.483 unidades foram emplacadas.

Recentemente, a Chevrolet desvendou as linhas da Colorado Rally Concept, modelo que vai ditar o design externo das futuras picapes da marca no mundo. Desenvolvido pelo Centro de Projetos da General Motors América do Sul, o carro-conceito foi mostrado com cabine dupla, tração nas quatro rodas com rodas de alumínio de 18 polegadas, pneus 305/60 R18 e motor turbodiesel de 2,8 litros.

S10 atual
Enquanto a Chevrolet define a data da chegada da sua futura picape média ao Brasil, a S10 tem feito sua parte no concorrido segmento.
A Chevrolet oferece um leque de opções de S10, que inclui modelos mais completos e com visual arrojado, como a S10 Rodeio. Esta versão é ofertada em três diferentes configurações, a S10 Advantage 2.4 Flexpower cabine simples, até a versão topo de linha, a Executive 2.8 Turbodiesel, com cabine dupla, freios com ABS, duplo airbag, trio elétrico e iluminação interna em Ice Blue.
São tem treze versões da S10, divididas entre Advantage, Colina, Rodeio e Executive, com as duas opções de motores, de cabine e de tração (4×2 ou 4×4). O preço
fica na faixa entre R$ 50 mil e R$ 87 mil.

– Picapes médias mais emplacadas em junho de 2011
1º Chevrolet S10 4.044 unidades, 38,4% de participação
2º Mitsubishi L200 1.858 unidades, 17,6% de participação
3º Toyota Hilux 1.458 unidades, 13,8% de participação
4º Nissan Frontier 1.194 unidades, 11,3% de participação
5º Ford Ranger 1.134 unidades, 10,8% de participação
6º Volkswagen Amarok 764 unidades, 7,2% de participação

– Picapes médias mais emplacadas no primeiro semestre de 2011 (janeiro a junho)
1º Chevrolet S10 19.877 unidades, 32,0% de participação
2º Toyota Hilux 14.495 unidades, 23,4% de participação
3º Mitsubishi L200 10.385 unidades, 16,7% de participação
4º Ford Ranger 6.620 unidades, 10,7% de participação
5º Nissan Frontier 5.551 unidades, 8,9% de participação
6º Volkswagen Amarok 4.669 unidades, 7,5% de participação

Veja também...

Veja mais
Carregar mais