Virtus é revelado e chega em 2018

O inédito Virtus ganhou uma avant-première mundial em São Paulo e chega como “um sedã do tamanho do Jetta”. A proposta da Volks é bombar o três volumes derivado do Polo a partir de janeiro de 2018 no Brasil

Por Roberto Nunes, em São Paulo

Esquecidos por muitos, o segmento dos sedãs volta a ter grandes novidades no Brasil. A Volkswagen, enfim, desvendou completamente o visual do futuro sedã do Polo, o Virtus, que chega ao mercado logo no começo de 2018 para brigar na faixa do Honda City, Chevrolet Prisma e do inédito sedã do Argo, o Fiat Cronos. O Virtus surge como veículo moderno, tecnológico e de espaços generosos para motorista, ocupantes e para transportar malas e objetos no 521 litros de porta-malas.

A partir da frase do novo presidente da Volkswagen do Brasil, Pablo Di Si, o Virtus ganhou uma avant-première mundial em São Paulo e chega como “um sedã do tamanho do Jetta”. A proposta da Volks é bombar o três volumes derivado do Polo a partir de janeiro de 2018 no Brasil, primeiro mercado para o lançamento, e em seguida para a Argentina e outros países da América do Sul.

 

O hatch Polo – que arrematou o prêmio Americar 2017 como Carro América Latina, o principal da categoria que reúne 70 jornalistas de 11 países da região – vai valorizar ainda mais a chegada do Virtus no mercado brasileiro. Com apenas 60 dias de vendas, o Polo já tem 8 mil unidades comercializadas no país. Assim, o hatch abre os caminhos para o sedã Virtus.

Jornalistas entregam prêmio ao presidente da VW Pablo di Si; Polo eleito Carro America Latina
Prêmio entregue ao presidente da VW Pablo di Si; Polo eleito Carro America Latina

O novo sedã da Volkswagen sai da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) para entrar na faixa de entre R$ 60 mil e R$ 80 mil. Será posicionado abaixo do Jetta e haverá as versões MSI, Comfortline e Highline, igualzinho ao Polo. De visual menos sisudo, o sedã tem o mesmo conjunto de faróis, grade e o capô arredondado repleto de vincos.

No entanto, tudo é novo. O Virtus traz elementos e componentes que diferenciam do hatch. Suas dimensões são generosas com 1,46 m de altura e 1,75 m de largura. O sedã é apenas 1 cm mais baixo e 2,7 cm mais estreito que o Jetta. Na parte interna, a Volks caprichou e oferece um acabamento bem parecido ao do Polo. A versão topo de linha Virtus Highline vem com opcionais como o quadro de instrumentos digital Active Info Display, com tela de 10,25 polegadas, e a central multimídia Discover Media de 8”, com GPS, sensor de aproximação e App-Conect.

Screenshot_20171117-080715

O novo Virtus será equipado com a opção dos motores 1.6 MSI, de 117 cv e 16,8 kgfm, auxiliado pelo câmbio manual de cinco marchas, e 1.0 TSI (turboflex e com injeção direta), de 128 cv e 20,4 kgfm. Neste caso, o câmbio automático Tiptronic de seis marchas. O pacote de equipamentos do Virtus é bem vasto. A Volkswagen amplia a oferta de itens e inclui controles de estabilidade e de tração de fábrica apenas para a versão TSI. No modelo 1.6, são incluídos assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico do diferencial e monitoramento da pressão dos pneus.

 O jornalista viajou a convite da Volkswagen do Brasil

Veja também...

Veja mais
Carregar mais