Yamaha renova a pequena esportiva R3

A Yamaha é a segunda força das fabricantes de motocicletas e aposta no segmento de modelos com pegada esportiva. Uma delas é a  novíssima YZF-R3. Em sua segunda geração, a esportiva da Yamaha ganhou visual ainda mais aerodinâmico, inspirado na “família R” das icônicas YZF-R6 e YZF-R1.

A R3 tem visual moderno nas carenagens e traz ainda faróis e luzes de posição em LED, novo tanque de combustível, nova altura do guidão, painel 100% digital com Shift Light, nova suspensão dianteira invertida e nova mesa superior. A parte frontal da nova R3 combina o novo design da carenagem com os dois faróis e luzes de posição inteiramente em LED.

A moto tem duto de entrada de ar em forma de M, inspirado nas YZR-M1 do multicampeão Valentino Rossi e Maverick Viñales. Conta ainda com duto central entre os faróis, com função de direcionar o fluxo de ar para o radiador, otimizando o sistema de resfriamento do motor. O pára-brisa, inteiramente redesenhado, além de ter um visual mais arrojado, oferece um ótimo desempenho aerodinâmico, reduzindo a turbulência ao redor da área do capacete de quem a pilota.

A Yamaha equipa a R3 com motor bicilíndrico em linha de capacidade cúbica de 321 cc. Traz duplo comando (DOHC -Dual Over Head Camshaft), 4 válvulas por cilindro, arrefecimento líquido e alimentação por injeção eletrônica. Sua potência e torque máximos são de 42,01 cavalos a 10.750 rpm, e 3,02 Kgf.m a 9.000 rpm, respectivamente. Outro refinamento é a melhoria na aerodinâmica com bom tanque de combustível. Sua altura foi reduzida em 20 mm, permitindo que o piloto consiga baixar mais o tronco sob o tanque, reduzindo a resistência e o arrasto do vento.

A moto tem pistões em alumínio forjados (similar aos utilizados em motos de competição), e o cilindro utiliza tecnologia DiASil Yamaha, uma liga de Alumínio e Silício que proporciona menor vibração, melhor dissipação de calor e ganho em performance. Sua eletrônica de última geração vem com sistema ECU de 16 Bit, que gerencia o moderno sistema de admissão que, em conjunto com a injeção eletrônica, é capaz de fazer com que a mistura de ar e combustível chegue de forma rápida à câmara de combustão. Com isso, a queima é mais eficiente, resultando em um consumo de combustível mais equilibrado e uma entrega de potência e torque mais contundentes.

A nova R3 tem chassi em aço do tipo Diamond com dupla trave superior. Seu entre eixos é de 1.379mm e seu ângulo de cáster tem 25 graus. A nova YZR-R3 chega em agosto e é vendida em três opções de cores: vermelho fosco metálico (Red Velvet), azul metálico (Racing Blue) e Monster Energy MotoGP Edition, uma belíssima combinação do preto metálico com o azul brilhante. Para as versões vermelho e azul, o preço é de R$ 23.990 e a Monster Energy MotoGP Edition custa R$ 24.490.

 

 

 

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais