Anfavea defende renovação do acordo comercial Brasil-Argentina

A relação econômica entre Brasil e Argentina afeta positivamente ou negativamente a indústria de automóveis dois dois países. O Brasil exporta milhares de carros para a Argentina, e o país vizinho também tem seus modelos vendidos no mercado nacional.

De acordo com Luiz Carlos Moraes, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, o acordo entre Brasil e Argentina é de grande importância para ambos os países. “Em relação à renovação do acordo comercial entre Brasil e Argentina, a ANFAVEA acredita que, embora o livre comércio só esteja previsto para entrar em vigor em julho de 2029, esse escalonamento de 10 anos traz um cenário de previsibilidade e segurança jurídica para a indústria automobilística. Durante esse prazo, o incremento contínuo do flex poderá acomodar eventuais flutuações desses dois mercados, até que o livre comércio coloque nosso bloco em linha com outros acordos bilaterais”, destaca o presidente da ANFAVEA

Veja também...

Veja mais
Carregar mais