Mercedes-Benz lidera ranking de recall no Brasil

Segundo levantamentos da Papa Recall, de janeiro a agosto de 2020 houve 48 campanhas de recall no Brasil, e é interessante observar a maciça presença alemã nessas campanhas, com destaque especial para a Mercedes-Benz, presente em nada menos do que 11 dessas 48.

Os alvos das campanhas foram os mais variados, assim como estiveram envolvidos diversos modelos da montadora. Curiosamente, não foram as campanhas de airbag que envolveram o maior número de carros da marca; foram as de teto solar em duas etapas e turbocompressor. Para se ter uma ideia, dos cinco chamamentos de agosto, a montadora alemã figurou em quatro – a Ford apareceu na atualização de trinco da fechadura nas portas no último mês.

As cinco campanhas de agosto, envolvendo as duas montadoras, representam redução de 44% comparando-se a julho deste ano e, quanto às duas marcas envolvidas, a redução é de 75% com relação a julho. Porém, quando se observam os 22 modelos envolvidos nas campanhas de agosto, vê-se aumento de 29,4% sobre julho de 2020.

Somando as campanhas do ano inteiro, a Mercedes, como dito, é líder, com 11 participações; seguida pela também alemã BMW, com seis participações; e pelas compatriotas Porsche e Audi, com três aparições cada (veja o ranking a seguir). No caso da BMW, o maior número de chamados foi para o sistema Isofix e, como se podia esperar, airbags; já para a Audi e a Porsche, o chamado mais frequente foi para resolver o risco de vazamento de combustível.

Os números obviamente têm muita importância, mas é fundamental também que as pessoas se conscientizem da importância do Recall. Cuidar do carro é cuidar de si mesmo, de sua família e todos que estão à sua volta.

Ranking de recalls em 2020

1º Lugar: Mercedes-Benz – 11 campanhas

2º Lugar: BMW – 6 campanhas

3º Lugar: Porsche e Audi – 3 campanhas cada

Veja também...

Veja mais
Carregar mais