Nova Strada surge com visual agressivo; já é chamada de “minitoro”

O burburrinho já rolou. Em plena gravação do comercial da Fiat, enfim surge o visual da Nova Strada. Líder de vendas no segmento de picapes no Brasil, a Strada chega bem renovada e com cara de Toro, viu. Nas estrategias de marketing e para causar desejo também, a nova Strada chegou. Na verdade, será lançada após os festejos carnavalescos. Ai para acabar com a ansiedade e dúvida, a Fiat soltou a primeira imagem oficial da nova Fiat Strada.

Na semana passada, a marca italiana revelou um teaser do visual da nova Strada. Mas a gravação do comercial de lançamento acabou com o suspense!! A nova geração é revelada com identidade própria na dianteira, seguindo a assinatura visual da marca.

O flagra surgiu no perfil @gessnermotorsno Instagram. Na foto oficial da Fiat, a grade frontal foge das projeções mostradas até então na internet. Ela é destacada e ostenta o logotipo da Fiat em tamanho GG, o que deixa a picape com um ar agressivo. Já começou a especulação de que a nova Strada deve ser classificada como minitoro.

O site Trovão Motor adiantou que “da irmã maior ela herda o formato dos vidros laterais e a linha de cintura mais alta à medida que se prolonga para a caçamba. Ainda não surgiram imagens da traseira, mas é possível perceber de perfil que as lanternas repetem as linhas da Toro. Não se sabe ainda se a abertura da tampa da caçamba seguirá a solução bipartida da Toro. É provável que não”, destaca.

Diz ainda que “a cabine dupla, com quatro portas, é a principal evolução do projeto antigo, que possui três portas e leva até quatro passageiros. Agora passará a transportar até cinco pessoas, como já ocorre com a rival Volkswagen Saveiro. A diferença é que a da Fiat terá um porte maior, quase de picape intermediária. A nova Strada usará para as suas versões as mesmas nomenclaturas da Toro: Endurance, Freedom e Volcano. E nas opções mais completas terá o motor 1.3 Firefly, que rende até 109/ 101 cv e 14,2/ 13,7 kgfm de torque (etanol/ gasolina). Já as mais em conta virão equipadas com o já conhecido 1.4 Fire, de 88/85 cv e 12,5/ 12,4 kgfm (e/g). Ambas conectadas à caixa manual de cinco marchas. Num segundo momento, a picape compacta poderá ter o novo motor 1.0 turbo, a ser produzido no próximo ano em Betim (MG)”.

Veja também...

Veja mais
Carregar mais