Saiba como limpar e higienizar o automóvel

Car mechanic at the service station

Nos tempos de coronavírus, a limpeza do carro é extremamente importante e altamente saudável para motorista e demais passageiros. Depois da declaração da Organização Mundial da Saúde sobre a pandemia do Covic-19, que já atinge vários Estados brasileiros, é bom seguir dicas de higienização do automóvel.

Manter os cuidados básicos é o mínimo. É indicado ainda que o dono do carro tenha um frasco de álcool em gel. Além do produto para limpar as mãos, é indicado ter ainda lenços de papel. Mas a higienização do ar condicionado é prioridade, já que a proliferação das bactérias e fungos ocorrem no filtro de ar, se ele estiver sujo. O ideal é fazer a limpeza a cada 6 meses ou pelo menos uma vez por ano.

Para quem transporta filhos e outras pessoas dentro do carro, é preciso ficar atento ao lixo portátil. O ideal é esvaziar o lixo diariamente, principalmente se houver lenços de papel com secreções de olhos, boca e nariz, que podem conter vírus. Confira baixo uma série de dicas de como se proteger, evitar a propagação do vírus e deixar o carro livre de outros agentes danosos à saúde:

1 – Higienizar a parte interna do carro com aspirador e limpar os bancos com produtos específicos, focando na sujeira que acumula nas costuras e nas dobras;

2 – Manter sempre limpo os locais onde mais se coloca as mãos, como maçanetas, câmbio, botões de vidros, retrovisores, volante, tela da central multimídia, botões do console, alavanca do freio de estacionamento e porta-objetos;
3 – Deixar um frasco de álcool em gel em local de fácil acesso, para utilizar ao entrar no veículo;
4 – Ao entrar do carro, limpar as mãos usando álcool em gel 70%, capaz de eliminar bactérias e vírus de síndromes respiratórias como o coronavírus. Ao sair e deixar a direção, lavar as mãos e até o rosto também são medidas eficazes;

World first two stage integrated booster cushions

5 – Limpar a superfície do painel, do volante e do acabamento com álcool isopropílico, que não danifica os plásticos e elimina o vírus. O mesmo produto ainda pode ser usado para limpar o celular, que geralmente é conectado ao carro;
6 – Manter os vidros fechados com o ar condicionado ligado é uma medida recomendada, porém é preciso fazer a limpeza do sistema e trocar o filtro de pólen (ou de cabine), garantindo a filtragem das impurezas do ambiente;
7 – Ao transportar alguém no veículo, pedir que as mesmas medidas de higienização sejam tomadas: limpar as mãos com álcool e usar um lenço ao tossir e espirrar, além de descartar esse material rapidamente no lixo, sem tocá-lo;
8 – Bancos e carpetes podem ser limpos com produtos do tipo spray com alvejantes ou amoníaco. No entanto, eles são eficazes apenas se aplicados e removidos com um segundo pano seco. Do contrário, vírus e bactérias podem resistir à superfície. Na dúvida, uma solução de água e sabão neutro já resolve da mesma forma e podem ser aplicada em casa. O critério de limpeza e remoção são os mesmos.

“Neste período de maior contágio, recomendamos a higienização externa, interna e do ar condicionado como primeira medida, mas ao longo do tempo, a limpeza com álcool isopropílico ou mesmo água e sabão já ajudam muito a desinfetar o ambiente do automóvel”, reforça Petriccione.

 

Veja também...

Veja mais
Carregar mais