Pesados

BYD e Marcopolo testarão ônibus articulado elétrico em Curitiba

Escrito por Roberto Nunes

A BYD (Build Your Dreams), maior fabricante de veículos elétricos do mundo, vai testar, entre os dias 24 de abril e 30 de maio, um ônibus articulado 100% elétrico no modelo D11B, na cidade de Curitiba. O teste é uma parceria entre a BYD e a Marcopolo, multinacional brasileira com 53,5% de participação no mercado brasileiro e posicionada entre as maiores do mundo.

 

O modelo de 22 metros de comprimento tem carroceria Marcopolo Attivi Express, suspensão pneumática em todos os eixos, motor integrado em cada uma das rodas do segundo e terceiro eixos, freios a disco com ABS/EBS e sistema regenerativo nos eixos motrizes, proporcionando maior segurança e autonomia ao veículo.

 

Os ônibus elétricos oferecem uma série de vantagens aos passageiros e ao meio ambiente. São completamente silenciosos e não poluentes, com zero emissão de carbono. O modelo D11B tem autonomia para rodar até 250 quilômetros com a carga completa, e capacidade para 170 passageiros. Durante o teste, será avaliada a viabilidade técnica e operacional do veículo.

 

“A cidade de Curitiba está sempre na vanguarda da mobilidade, oferecendo à população o que há de melhor no transporte público do Brasil. Os ônibus elétricos da BYD oferecem muitos ganhos ambientais para a cidade, proporcionando transporte público sustentável, moderno, com conforto e maior qualidade de vida aos passageiros. Um ônibus elétrico deixa de emitir 184 toneladas de CO2 ao ano, o equivalente ao plantio de 1311 árvores”, afirma Marcello Von Schneider, diretor institucional e head da divisão de ônibus elétricos da BYD Brasil.

 

A BYD está instalada no Brasil há nove anos, com fábrica em Campinas, no interior de São Paulo, com capacidade de produzir 2 mil chassis de ônibus elétricos ao ano. “Estamos prontos para atender ao Programa de Mobilidade Sustentável de Curitiba, com ônibus que ofereçam conforto, segurança e economia ao operador”, afirma Marcello. O custo mensal para abastecer um ônibus elétrico com energia pode chegar a até 6 vezes menos do que um ônibus a diesel.

Sobre o Autor

Roberto Nunes

Deixe um comentário