Mercado Pesados

Mercedes-Benz quer vender 1.500 unidades de ônibus elétrico até 2024 no Brasil

Escrito por Roberto Nunes

A onda elétrica chega também no segmento de caminhões e ônibus no Brasil. Com investimentos de R$ 100 milhões, a fabricante alemã Mercedes-Benz está preparada para a eletromobilidade dos ônibus, com previsão de comercialização de 1.500 unidades do chassi eO500U, com desenvolvimento da engenharia brasileira, até 2024.

Salvador também entrou no circuito e, em breve, começam a circular ônibus mais limpos e eletrificado. O Mercedes-Benz eO500U também será exportado para países da América Latina, sendo responsável pelo avanço da estratégia de eletrificação da marca alemã na região. O chassis elétrico será produzido na fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

O plano estratégico de eletrificação da Daimler tem como foco a Europa e a América Latina. A meta global é oferecer veículos zero emissões, movidos a bateria ou a células de hidrogênio, em todos os segmentos de mercado em que atua até 2030. No caso específico da Europa, a meta é se tornar 100% zero emissões até 2039.

O ônibus elétrico terá um comprimento entre 12,5 e 13,2 metros, com capacidade para transportar até 83 passageiros, sendo 29 deles sentados. O propulsor elétrico terá uma autonomia de cerca de 250 km bem como 250 cv de potência. A marca prevê um mercado anual de três mil ônibus elétricos no país em 2024.

Sobre o Autor

Roberto Nunes

Deixe um comentário